MENU

Extraterrestre, Thiago Silva se inspira em Cannavaro para ser o melhor do mundo

Extraterrestre, Thiago Silva se inspira em Cannavaro para ser o melhor do mundo

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 9:49

Apelidado de monstro nos tempos de Fluminense, Thiago Silva agora virou extraterrestre no Milan. As seguidas boas exibições com a camisa rossonera encantaram o vice-presidente Adriano Galliani que, após o triunfo sobre o Sampdoria, criou uma nova alcunha para o defensor.

Apesar de ter ficado feliz com os elogios, Thiago brincou com os adjetivos dados a ele.

- É diferente receber esse carrinho de um dirigente que geralmente só fala sobre contratações de jogadores e não sobre as atuações. Ele inclusive veio falar comigo depois do jogo e hoje (ontem) no treino dizendo que tinha me elogiado. O problema é que primeiro foi monstro, agora é extraterrestre... Nunca tem um apelido bonito ou menos mau. Mas tudo bem, são palavras feias mas que querem dizer coisas boas - ressaltou o zagueiro, em entrevista exclusiva ao GLOBOESPORTE.COM.

Constantemente apontado como um dos maiores defensores do planeta e presente em várias listas dos grandes nomes de 2010, o "extraterrestre" Thiago Silva tem um objetivo bastante galáctico: se tornar o melhor jogador do mundo. A inspiração vem do italiano Fabio Cannavaro, ex-zagueiro da Azzurra e que levou o prêmio em 2006.

- Depois que ele ganhou coloquei na minha cabeça de tentar chegar o mais próximo possível. Falar para você que eu não penso (em conquistar a Bola de Ouro) estarei mentindo. Acho que tenho condição e só preciso trabalhar mais e mais para alcançar isso - afirmou.

Thiago Silva professor

Além dos elogios Galliani, Thiago Silva também fez questão de agradecer as palavras do técnico Massimiliano Allegri, que o escalou mais uma vez improvisado como volante (já havia atuado assim diante do Cesena no fim de semana e em um amistoso nos Emirados).

- Antes da partida, ele veio para mim e disse: 'Entra em campo, divirta-se e faça como um professor'. Ou seja, ele queria que eu ensinasse os outros. Quando um técnico lhe diz isso, é impressionante.

O ex-tricolor também acredita que atuar fora de sua posição não o prejudicará na Seleção.

- Já atuei como volante no início da carreira, há uns 12 ou 13 anos. Mas é claro que prefiro jogar como zagueiro, pois a concorrência ali no meio de campo é muito grande. Mas estou aqui para ajudar o Milan. Além disso, é mais uma opção para o Mano caso ele precise em uma alguma situação especial - observou Thiago Silva, convocado para o amistoso contra a França, no dia 9 de fevereiro, em Paris.

Por: Marcos Felipe

veja também