MENU

Favorita ao prêmio da Fifa, Marta volta a pedir mídia para futebol feminino

Favorita ao prêmio da Fifa, Marta volta a pedir mídia para futebol feminino

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 3:47

A imagem de Marta chorando e pedindo mais atenção ao futebol feminino marcou as últimas eleições da Fifa de melhor jogadora do mundo. Tetracampeã e favorita ao penta agora, a craque brasileira continua cobrando maior cobertura da categoria. Mas é só sorrisos. Nesta segunda-feira, antes do anúncio da vencedora de 2010, a camisa fez coro com a alemã Birgit Prinz, que lamentou o pouco espaço que as jogadoras ganham na imprensa. Fatmire Bajramaj, também alemã, é a terceira finalista.

- Eu acho que nós três estamos aqui porque merecemos, mas é verdade que no futebol feminino a gente precisa de mais mídia, de um acompanhamento melhor - afirmou Marta.

Vencedora do prêmio três vezes, Prinz reclamou da falta de atenção às mulheres no futebol e criticou até o processo de votação da Fifa para a escolha da melhor do ano.

- Eu não tenho como acompanhar como estão outras atletas, pois o calendário é muito grande. É difícil saber como estão os torneios de outros países, é diferente do futebol masculino. Acho que isso pode ser melhorado nos próximos anos - disse a alemã.

Campeã sul-americana com a Seleção e da liga dos Estados Unidos com o FC Gold Pride no ano passado, Marta reconheceu a importância do prêmio individual, mas disse que o principal são sempre as disputas dentro de campo. Em 2011, a camisa 10 espera conquistar o Mundial e o Pan-Americano com o Brasil.

- Este (o prêmio de melhor do ano) é sempre um objetivo que eu traço, mas, claro, sempre pensando no coletivo também. Este ano a meta é vencer as competições que eu estiver disputando com a minha equipe e com a Seleção Brasileira: o Mundial e o Pan-Americano. Já chegamos muito perto do Mundial, mas ainda não conseguimos conquistar o título - disse a camisa 10, que foi vice-campeã do mundo e das Olimpíadas com o Brasil em 2007 e 2008.

Marta disse que ainda não há nada confirmado sobre a possibilidade de jogar pelo Santos em 2011 na WPS, a liga americana de futebol feminino. Caso a negociação com dirigentes dos Estados Unidos seja concluída, as Sereias da Vila seriam chamadas de Santos Mermaids.

A atacante brasileira e as duas jogadoras alemãs participaram nesta segunda-feira de uma entrevista coletiva em Zurique, na Suíça, onde será entregue a Bola de Ouro da Fifa. As técnicas Silvia Neid e Pia Sundhage, que disputam o prêmio de melhor treinadora de 2011, também estiveram presentes. Maren Meinert, a terceira concorrente, não compareceu porque está grávida e atendeu a recomendações médicas.

O evento da Fifa começa às 16h (de Brasília) com transmissão ao vivo do SporTV e acompanhamento em Tempo Real no GLOBOESPORTE.COM. Messi, Xavi e Iniesta disputam o principal prêmio do dia: a Bola de Ouro.

Por: Bianca Rothier

veja também