MENU

Federer passa sufoco logo na estreia, mas triunfa de virada no Australian Open

Federer passa sufoco logo na estreia, mas triunfa de virada no Australian Open

Atualizado: Terça-feira, 19 Janeiro de 2010 as 12

A estreia de Roger Federer no Australian Open foi atípica para o número 1 do mundo. Acostumado a vencer com folga seus primeiros desafios em Grand Slams, o suíço teve de suar para derrotar o russo Igor Andreev, número 37 do mundo. Depois de perder o primeiro set e quase ser derrotado no terceiro, Federer saiu com a vitória em 2h44m por 3 a 1, com parciais de 4/6, 6/2, 7/6(2) e 6/0.

Foi a segunda vez que o atual número 1 do mundo passou aperto diante de Andreev em um Grand Slam. No US Open de 2008, quando era o segundo do ranking, Federer só derrotou o russo depois de cinco sets. A vitória desta terça-feira lhe dá uma vaga na segunda rodada em Melbourne. Seu próximo adversário será o vencedor do jogo entre o argentino Juan Ignacio Chela e o romeno Victor Hanescu.

Federer começou melhor no jogo e, logo no quarto game, quebrou o saque de Andreev. O russo, porém, deu o troco no game seguinte e voltou a igualar o set. Andreev tentava sempre atacar a esquerda do suíço, e a tática funcionou no nono game. Com duas devoluções vencedoras, ele conseguiu nova quebra e, em seguida, fechou o set em 6/4.

A resposta de Federer foi rápida. O número 1 do mundo venceu o primeiro game de serviço do rival, abriu 3/0 no segundo set e não deixou que o russo reagisse. Com mais uma quebra, esta no oitavo game, o suíço fechou a segunda parcial em 6/2.

O terceiro set foi cheio de altos e baixos e teve nível técnico muito inferior aos dois primeiros. Federer sacou no nono game para fechar o set, mas deixou que Andreev reagisse. O russo conseguiu duas quebras seguidas e teve o serviço para fechar em 7/5 no 12º game. Ele, porém, cometeu três erros não forçados nos três set points que obteve, e viu desaparecer a chance de tomar a dianteira do jogo. Federer reagiu e venceu o set no tie-break (7/2).

Desmotivado pelo vacilo, Andreev pouco resistiu no quarto set. Federer tomou controle definitivamente das ações e fechou a partida sem problemas.

Davydenko chega à décima vitória seguida

Número 6 do mundo, o russo Nikolay Davydenko mantém a fase espetacular. Após conquistar o título do ATP Finals, em dezembro, e levantar o troféu do ATP 250 de Doha, este mês, ele chegou, nesta sexta-feira, à sua décima vitória consecutiva no circuito.

Por inapeláveis 3 sets a 0 (6/1, 6/0 e 6/3), ele despachou o alemão Dieter Kindlmann e ganatiu dua vaga na segunda rodada do Australian Open. Seu próximo adversário será o vencedor do jogo entre o espanhol Carlos Moyá e o ucraniano Illya Marchenko.

Entre as dez vitórias nos últimos dez jogos, o número 6 do mundo derrotou Roger Federer e Rafael Nadal - duas vezes cada. Caso siga avançando, Daydenko deve reencontrar Federer nas quartas de final em Melbourne.

Veja como foram os outros cabeças de chave que já jogaram nesta terça-feira em Melbourne.

Nikolay Davydenko(RUS)[6] 3 x 0 Dieter Kindlmann(ALE) 6/1, 6/0 e 6/3

Tomas Berdych(TCH)[21] 3 x 0 Robin Haase(HOL) 6/0, 6/3 e 6/3

Gael Monfils(FRA)[12] 3 x 0 Matthew Ebden(AUS) 6/4, 6/4 e 6/4

Fernando Verdasco(ESP)[9] 3 x 1 Carsten Ball(AUS) 6/7(4), 7/6(1), 7/5 e 6/2

Marin Cilic(CRO)[14] 3 x 0 Fabrice Santoro(FRA) 7/5, 7/5 e 6/3

Stanislas Wawrinka(SUI)[19] 3 x 0 Guillermo Garcia-Lopez(ESP) 6/3, 6/3 e 6/2

John Isner(EUA)[33] 3 x 2 Andreas Seppi(ITA) 6/3, 6/3, 3/6, 5/7 e 6/4

Viktor Troicki(SER)[29] 3 x 1 Nicolas Lapentti(EQU) 4/6, 6/3, 6/1 e 6/3

Philipp Kohlschreiber(ALE)[27] 3 x 0 Horacio Zeballos(ARG) 6/1, 7/5 e 6/1

Santiago Giraldo(COL) 3 x 0 Tommy Robredo(ESP)[16] 6/4, 6/2 e 6/2

Rainer Schuettler(ALE) 3 x 1 Sam Querrey(EUA)[25] 6/3, 2/6, 6/4 e 6/3

veja também