MENU

Federer perde para Berdych nas quartas do Masters de Miami

Federer perde para Berdych nas quartas do Masters de Miami

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

Toda vez é assim. Quando Roger Federer duela com Tomas Berdych, a promessa de uma longa partida sempre se faz verdadeira. A história conta que o número 1 do mundo tem grande vantagem após a batalha. Só que dessa vez, a noite era tcheca. O 20º colocado no ranking aproveitou os muitos erros do suíço e o eliminou do Masters 1.000 de Miami ao vencer o confronto das quartas de final por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 6/7(3) e 7/6(8), em 2h51m de jogo, na noite desta terça-feira (madrugada de quarta no horário de Brasília).

O início da partida deu a impressão errada a Federer. Logo no primeiro game, Berdych cometeu dupla falta e foi quebrado. Quem assistiu a esse ponto e viu o suíço abrir 3/1, diria que o duelo seria fácil para o número 1 do mundo. Porém, não foi assim que aconteceu. O líder do ranking começou a jogar mal, com 23 erros não forçados, e o tcheco virou o jogo. Em uma dupla falta de Federer, a parcial é fechada por Berdych em 6/4.

Na volta à quadra, o número 20 do mundo forçou o saque e continuou melhor na partida. O tcheco abriu 4/3 e seguiu para vencer, mas Federer não entregou o jogo e os dois promoveram longos games, que chegaram a mais de dez minutos. No tie-break, o suíço acordou e fez boas jogadas de fundo. A reação assustou o adversário, que tentava de toda forma finalizar o duelo. E sua ansiedade foi sua maior inimiga. Do outro lado, o líder do ranking cresceu e fechou em 7/6(3).

No terceiro set, Berdych quebrou o saque de Federer no sétimo game e fez 4/3, mas vacilou, cometeu dupla falta e permitiu que o suíço também quebrasse seu saque e empatasse a parcial. Os dois jogadores confirmaram seus serviços seguintes e a partida foi decidida no tie-break.

O tcheco quebrou o saque do suíço e abriu 3/2, mas permitiu o empate no seu serviço. Depois voltou a conseguir vantagem no saque do adversário em 5/4, mas novamente numa jogada sensacional acabou caído em quadra e permitiu ao número 1 do mundo empatar sem dificuldade: 5/5.

Em seguida, Federer teve um match point a seu favor, com Berdych no saque, mas deixou o rival empatar em 6/6. O tcheco então quebrou o saque do suíço e confirmou o seu serviço para vencer o jogo: 8/6. Nas semifinais, Berdych enfrentará o espanhol Fernando Verdasco, que venceu o croata Marin Cilic por 6/4 e 7/6 (3).

veja também