MENU

Federer sufoca Tsonga e vai rever Djokovic na semifinal do US Open

Federer sufoca Tsonga e vai rever Djokovic na semifinal do US Open

Atualizado: Sexta-feira, 9 Setembro de 2011 as 7:19

Não fosse a interrupção do jogo por causa da chuva, Jo-Wilfried Tsonga teria problemas respiratórios no Estádio Athur Ashe na noite desta quinta-feira. Roger Federer abafou o francês jogando um tênis agressivo desde os primeiros games e, por 6/4, 6/3 e 6/3, garantiu uma vaga nas semifinais do US Open.

Roger Federer festeja uma de suas quebras de saque no jogo desta quinta-feira (Foto: AFP)

Pentacampeão do torneio, Federer terminou o jogo com 29 bolas vencedoras e 30 erros não forçados, contra 17 e 34 de Tsonga, respectivamente. O resultado quebra a séria de duas vitórias do francês sobre o suíço. A mais impressionante delas veio nas quartas de final de Wimbledon, onde Federer abriu 2 sets a 0, mas saiu derrotado.

O triunfo coloca o ex-número 1 e atual terceiro colocado no ranking diante de Novak Djokovic mais uma vez. os dois se enfrentaram nos últimos quatro anos em Nova York. Em 2007, na final vencida por Federer; em 2008 e 2009 nas semifinais, também com triunfos do suíço; e nas semifinais em 2010, quando Djokovic finalmente levou a melhor.

Ataque desde o começo

Federer entrou em quadra mais agressivo do que nos dois últimos jogos contra Tsonga, e a estratégia deu certo logo no começo, com uma quebra a favor do suíço. Quando o número 3 tinha 3/2, a chuva voltou a dar as caras em Nova York e forçou a interrupção da partida que só tinha 16 minutos de andamento até então.

Depois de mais de uma hora de paralisação, a quadra foi seca, e os tenistas voltaram. Logo no primeiro game, Federer cometeu seguidos erros e cedeu a igualdade em 3/3. Mesmo assim, a iniciativa era quase sempre do suíço, e Tsonga não conseguia entrar em seu ritmo ideal. No nono game, o francês cometeu quatro erros não forçados e perdeu o serviço mais uma vez. Na sequência, Federer confirmou o saque de zero e levou a parcial: 6/4.

O pentacampeão do US Open manteve Tsonga acuado no segundo set e quebrou o saque do francês já no terceiro game. No quinto, outra quebra. Tsonga tinha problemas para encaixar seu primeiro saque (teve 47% de aproveitamento na segunda parcial), mas ainda conseguiu respirar ao vencer um game no saque do oponente. No entanto, mandou uma direita longa no nono game, perdeu seu serviço de novo e deu números finais à parcial: 6/3 para Federer.

O francês jogou mais com o primeiro serviço no terceiro set e, por isso, manteve o placar igual por mais tempo. No oitavo game, entretanto, não resistiu. Uma devolução vencedora de Federer deixou o game em 0/30 e, pouco depois, o suíço chegou a dois break points. O número 3 perdeu as duas chances, mas ganhou outra quando Tsonga errou um voleio fácil. Um ace salvou o francês, mas um novo voleio da rede cedeu um quarto break point no game. Desta vez, não teve ace. Uma dupla falta selou o game.

Com 5/3 de frente, Federer só precisou confirmar o saque para fechar o duelo. Tsonga ainda salvou um match point com uma direita vencedora, mas não evitou o segundo. Ao mandar uma esquerda longa, viu o suíço festejar a vitória.    

veja também