MENU

Federer tem trabalho diante de revelação, mas vence na Califórnia

Federer tem trabalho diante de revelação, mas vence na Califórnia

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 10:01

Roger Federer não teve vida fácil. Diante de um inspirado Ryan Harrison, 18 anos e número 152 do mundo, o suíço precisou de um tie-break e um duro segundo set para triunfar por 7/6(4) e 6/3 nesta quarta-feira e garantir sua vaga nas quartas de final do Masters 1.000 de Indian Wells. O jogo teve  1h25m de duração.

Campeão do torneio californiano de 2004 a 2006, o atual vice-líder do ranking dará seu próximo passo contra o compatriota Stanislas Wawrinka (14 do mundo), que vem de uma bela vitória sobre o tcheco Tomas Berdych (7) por 3/6, 6/4 e 6/4.

Confrontos diretos dão enorme a Federer contra Wawrinka. Em oito jogos até agora, o melhor tenista suíço tem sete triunfos. O último deles foi em janeiro deste ano, no Australian Open, e Federer venceu por fáceis 6/1, 6/3 e 6/3.

Experiência pesa

Dono de ótimos saques, devoluções fortíssimas e um sólido jogo de base, Harrison pecou pela inexperiência. Nervoso, o americano faz duas duplas faltas logo no primeiro game e cedeu uma quebra de saque. Aos poucos, porém, o adolescente foi se soltando e ganhando confiança.

Quando Federer sacou para o primeiro set, em 5/4, o tenista da casa conseguiu uma quebra e igualou o placar. Harrison só não conseguiu manter a vantagem e perdeu seu saque em seguida. Suas devoluções o salvaram de novo e, com nova quebra, esta no 12º game, o americano forçou o tie-break.

No game de desempate, valeu a consistência de Federer, que não vacilou. Quando Harrison perdeu um ponto em seu serviço e deixou que o suíço sacasse em 5/4, o número 2 do mundo venceu os dois pontos seguintes e fechou a parcial em 7/6(4).

Harrison continuou lutando no segundo set, mas sua correria não foi suficiente para desestabilizar o favorito. Federer conseguiu a primeira quebra da parcial no sexto game e, em seguida abriu 5/2 ao confirmar seu serviço. Jogando ainda mais solto, o número 2 do mundo aproveitou o embalo e, no oitavo game, chegou a três match points. Sem desistir, o americano salvou todos e ainda confirmou seu saque.

Na sequência, entretanto, Federer não deu mais chances. Com um game quase perfeito, fechou o set em 6/3 e garantiu sua vaga nas quartas de final de Indian Wells.      

veja também