MENU

Fernandão marca contra ex-time, e São Paulo vence no Beira-Rio: 2 a 0

Fernandão marca contra ex-time, e São Paulo vence no Beira-Rio: 2 a 0

Atualizado: Domingo, 23 Maio de 2010 as 6:12

No reencontro do ídolo Fernandão com o Internacional, o atacante levou a melhor. Marcou um gol na vitória do São Paulo por 2 a 0, em pleno Beira-Rio, na tarde deste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Hernanes também balançou a rede.

O confronto foi só uma prévia do que está por vir no fim de julho e começo de agosto, quando Inter e São Paulo voltam a se enfrentar, mas pelas semifinais da Copa Libertadores.

Na primeira vez que adotou força máxima no certame nacional, o clube paulista obteve a sua primeira vitória. Soma agora quatro pontos, enquanto os gaúchos perdem a segunda em casa e permanecem com três.

Depois da batalha da última quinta-feira na Argentina pelo torneio continental, quando o Inter perdeu por 2 a 1, mas se classificou graças ao gol anotado por Giuliano aos 43min do segundo tempo, o técnico Jorge Fossati poupou alguns titulares, como Nei, D’ Alessandro, Andrezinho e Alecsandro.

Na etapa inicial, as duas equipes demonstraram força na marcação, e a partida ficou chata, sem lances de criatividade.

A primeira defesa aconteceu somente aos 30min, quando Walter arriscou o chute de fora da área, e Rogério Ceni encaixou a bola com segurança, sem dificuldades.

O time da casa apresentou mais posse de bola, porém não conseguiu produzir no ataque. Na única vez que levaram perigo ao gol adversário, os colorados viram o camisa 1 tricolor brilhar com duas importantes defesas, após cabeçada de Walter e chute de Everton.

O São Paulo, que até então não havia criado situações de gol, abriu o placar aos 37min, com uma falha do goleiro argentino Abbondanzieri. Hernanes cobrou falta na barreira, a bola voltou e ele chutou de primeira. O camisa 1 do Inter demorou a cair para o seu lado direito e foi buscar a bola no fundo da rede.

"Bati mal na bola e ela voltou no meu pé. O goleiro estava se posicionando, e a bola foi no seu contrapé", comentou Hernanes, na saída para o intervalo.

"A partida está muito disputada e igual. Erramos muitos passes e precisamos acertar principalmente o último passe, a enfiada para o Walter. Vamos procurar criar um pouco mais para chegar ao ataque", observou do outro lado o meia Giuliano.

O conjunto do Sul do país retornou para o segundo tempo em cima do adversário. Aos 15min, Fossati foi para o tudo ou nada e trocou o zagueiro Fabiano Eller pelo meia Andrezinho.

Dois minutos depois, porém, Dagoberto puxou o contra-ataque, invadiu a área e rolou para Hernanes. O meio-campista cruzou rasteiro e Fernandão mandou para o gol.

O duelo ficou movimentado, e Rogério Ceni brilhou. Fez importantes defesas em finalizações de Kléber e de D’ Alessandro, que entrou no segundo tempo.

Os donos da casa reclamaram de um pênalti de Alex Silva em Giuliano, entretanto o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique mandou o lance seguir.

INTERNACIONAL 0 x 2 SÃO PAULO

INTER

Abbondanzieri; Bolívar, Sorondo e Fabiano Eller (Andrezinho); Glaydson, Sandro (Alecsandro), Guiñazu, Giuliano e Kleber; Walter (D’ Alessandro) e Everton

Técnico: Jorge Fossati

SÃO PAULO

Rogério Ceni; Alex Silva, Miranda (Xandão) e Richarlyson; Cicinho, Rodrigo Souto (Jean), Hernanes, Marlos (Jorge Wagner) e Junior Cesar; Dagoberto e Fernandão

Técnico: Ricardo Gomes

Data: 23/05/2010, domingo

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa - RJ)

Assistentes: Hilton Moutinho e Dibert Predrosa (ambos Fifa - RJ)

Cartões amarelos: Bolívar (I); Richarlyson (SP)

Gols: Hernanes, aos 37min do primeiro tempo, Fernandão, aos 17min do segundo tempo   fonte:uol.com.br

veja também