MENU

Fernando Alonso vence o GP da Espanha.

Fernando Alonso vence o GP da Espanha.

Atualizado: Domingo, 12 Maio de 2013 as 11:45

 

Fernando Alonso vence o GP da Espanha.O espanhol Fernando Alonso fez a festa da torcida da casa e venceu de forma brilhante o GP da Espanha, quinta etapa do Mundial de F1 . O piloto da Ferrari, que largou em quinto lugar, quebrou também uma antiga escrita de que só vencia no circuito da Catalunha quem largasse na pole position. A festa da Ferrari foi completada com o brasileiro Felipe Massa, que terminou em terceiro lugar. O finlandês Kimi Raikkonen, da Lotus, foi o segundo colocado.

A vitória de Alonso também esquentou a briga pelo título do Campeonato Mundial de pilotos, que ainda é liderado pelo alemão Sebastian Vettel, que ficou em quarto neste domingo e lidera com 89 pontos, seguido por Raikkonen, com 85, enquanto o espanhol aparece em terceiro, com 72. A quarta colocação mpertence ao inglês Lewis Hamilton, com 50 pontos. enquanto Massa aparece em quinto lugar com 45.

Alonso tornou-se neste domingo o segundo piloto a vencer no circuito da Catalunha sem ter largado na pole position. A outra vez que isso ocorreu foi no GP da Espanha de 1996, quando Michael Schumacher largou em terceiro e venceu a prova. Nas outras 21 edições do evento em Barcelona, o vencedor iniciou a corrida no primeiro ou segundo lugar do grid.

 
 
Com a bandeira da Espanha, Fernando Alonso salta do carro e comemora sua vitória no circuito da Catalunha. Foto: Getty Images
1/10
 

 

A prova

Sebastian Vettel e Fernando Alonso fizeram grandes largadas no GP da Espanha, na manhã deste domingo, com o alemão pulando para a segunda colocação, atrás apenas de Nico Rosberg, e o espanhol ganhando dois postos para assumir a terceira posição, deixando para trás Kimi Raikkonen e Lewis Hamilton.

Felipe Massa também teve um início de prova forte e já na primeira volta pulou de nono para sexto, posto em que largaria se não tivesse sido punido por atrapalhar Mark Webber no treino classificatório.

Ocupando o quinto lugar após ultrapassagem sobre Hamilton, o brasileiro foi o primeiro dos ponteiros a parar para troca de pneus, ao fim da oitava volta, dois giros antes de Fernando Alonso. Duelando pela ponta, Rosberg e Vettel foram juntos aos boxes, mas o piloto da Red Bull voltou à pista atrás do espanhol da Ferrari.

Alonso seguiu em ritmo forte e conseguiu a ultrapassagem sobre Rosberg na 13ª volta e precisou apenas esperar o mexicano Esteban Gutiérrez ir aos boxes para se tornar o primeiro colocado. No mesmo giro, o alemão da Mercedes ainda perdeu posições para Vettel e Massa. Correndo em casa, o piloto espanhol conseguiu abrir vantagem sobre seus rivais, ao mesmo tempo em que Kimi Raikkonen se aproximou do brasileiro.

Bastante ameaçado pelo finlandês, Massa parou no fim da 20ª volta, movimento repetido por Alonso no giro seguinte. Vettel realizou seu segundo pit-stop na 24ª volta, o que fez Raikkonen assumir a primeira colocação momentaneamente. Quando o piloto da Lotus finalmente trocou pneus, o espanhol da Ferrari reassumiu a ponta e foi abrindo vantagem sobre os rivais.

Com o carro que menos consome pneus do grid da Fórmula 1, Raikkonen utilizou uma estratégia diferente da maioria dos ponteiros e parou apenas três vezes para troca de pneus, aparecendo na segunda posição nas voltas finais entre as Ferraris de Fernando Alonso e Felipe Massa. Nos últimos dez giros, o brasileiro ainda tentou se aproximar do finlandês e, embora não tenha conseguido a ultrapassagem, obteve frente segura sobre Vettel.

Com uma corrida praticamente sem falhas, Alonso se manteve com tranquilidade na primeira colocação e precisou apenas conservar sua vantagem sobre o finlandês para receber a bandeira quadriculada e garantir a alegria da torcida espanhola em Barcelona.

Veja o resultado do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1: 

1) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 
2) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) 
3) Felipe Massa (BRA/Ferrari) 
4) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) 
5) Mark Webber (AUS/Red Bull) 
6) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 
7) Paul Di Resta (ESC/Force India) 
8) Jenson Button (ING/McLaren) 
9) Sergio Pérez (MEX/McLaren) 
10) Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) 
11) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) 
12) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) 
13) Adrian Sutil (ALE/ Force India) 
14) Pastor Maldonado (VEN/Williams) 
15) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) 
16) Valtteri Bottas (FIN/Williams) 
17) Charles Pic (FRA/Caterham) 
18) Jules Bianchi (FRA/Marussia) 
19) Max Chilton (ING/Marussia)

Não completaram: 
Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso) 
Giedo van der Garde (HOL/Caterham) 
Romain Grosjean (FRA/Lotus)

veja também