MENU

Fernando Prass: 'Nenhum time tem mais margem de erro para manobra'

Fernando Prass: 'Nenhum time tem mais margem de erro para manobra'

Atualizado: Terça-feira, 1 Março de 2011 as 2:47

A Taça Guanabara terminou. Agora, a única chance de Vasco, Fluminense e Botafogo de chegar na decisão do Campeonato Carioca é conquistar a Taça Rio e duelar com o Flamengo na final. O desafio está lançado, e pressão bate à porta de todos. O goleiro Fernando Prass disse que está acostumado a cobranças desde que chegou ao clube, mas reconheceu que a situação da equipe não permite erros daqui para frente.

- Nenhum time tem mais margem de erro para manobra, tirando o Flamengo, que já está na final. A pressão para vencer a Taça Rio é enorme, ainda mais sendo um grande rival. Mas desde o momento que cheguei no Vasco que enfrento pressão, seja na Série B, Brasileiro ou Carioca. O Vasco é um clube grande que já está há bastante tempo sem conquistar título de expressão.

Apesar de saber que as dificuldades são grandes, Prass mantém o otimismo, ainda mais após os últimos bons resultados. Ele, no entanto, tem consciência que o bom ambiente tem que ser conquistado a cada partida.

- Agora zerou tudo. Os erros que cometemos, e pagamos caro, estão no passado. Começamos em pé de igualdade com os outros clubes. Estamos precavidos por causa do nosso início ruim, já vimos o que pode causar. Estamos melhorando, mas sabemos que uma derrota pode colocar tudo a perder de novo.

Na Taça Rio, o Vasco terá várias atrações diferentes para os torcedores: Leandro, Elton, Leandro Chaparro e, muito provavelmente, Diego Souza. Com a concorrência por vagas inteiramente aberta, Fernando Prass acredita que os jogadores terão que manter um nível de atuação bastante algo para que se mantenham entre os 11.

- Está mais do que provado que nome não é levado em conta na hora de escalar. O treinador tem que colocar os melhores em campo porque depende de resultados. Quanto mais disputa tiver, os jogadores se obrigam a estar sempre em um nível melhor para conseguir jogar. Acho que não teremos problemas quanto a isso, nunca vi acontecer aqui. Todos querem jogar, mas só podem entrar 11.

A estreia vascaína na Taça Rio será na sexta-feira, às 19h30m (de Brasília), contra o Macaé, na Região dos Lagos.    

veja também