MENU

Ferrari se diz forte para 2012, mas não menospreza rivais

Ferrari se diz forte para 2012, mas não menospreza rivais

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2011 as 3:02

Ferrari busca novas soluções para não repetir 

desempenho ruim de 2011 (Foto: Getty Images) Com os mundiais de piloto e construtores já decididos em favor da RBR, a Ferrari está focada em começar a próxima temporada forte desde o início para não repetir o insucesso de 2011. O chefe da equipe responsável por desenhar o carro de 2012, Nikolas Tombazis, está confiante na competitividade da escuderia italiana no ano que vem, mas ressalta que não se pode menosprezar os adversários.

- Nosso objetivo é chegar na Austrália absolutamente competitivos. Mas está claro que nossos rivais não são ingênuos nem idiotas. Não estamos poupando esforços, mas também não podemos garantir nada.

Diferentemente dos modelos dos últimos anos, a Ferrari aposta em um carro com 'design' mais agressivo para 2012. Tombazis, no entanto, garante que a equipe não está se baseando no projeto de sucesso da RBR, campeã em 2010 e 2011, mas buscando inovações e estudando soluções implantadas por diversas equipes ao longo deste ano.

- Não podemos ignorar nossos adversários. Se a RBR vence, não podemos dizer 'vamos apenas nos preocupar com nossos negócios'. Mas não é só a RBR que tem trazido soluções interessantes. Há também carros mais lentos com soluções dignas de consideração. É injusto dizer que vai ser uma RBR. Será uma Ferrari, diferente em várias áreas, com novas soluções, algumas de outros carros. O projetista explicou também a visível queda de rendimento da Ferrari recentemente. Após um crescimento no meio da temporada, onde conseguiu superar a McLaren e competir com a RBR, a equipe italiana voltou a apresentar rendimento pior que as adversárias nas últimas provas.

- Nós descobrimos o que não funcionou (no projeto de 2011), mas não corrigimos completamente porque, em setembro, resolver o problema precisaria de mais tempo e teria efeito apenas nas três corridas finais, tirando nosso tempo de desenvolvimento do carro do próximo ano.        

veja também