MENU

Festa rubro-negra no Castelão: Fla vence por 3 a 0 e está nas oitavas

Festa rubro-negra no Castelão: Fla vence por 3 a 0 e está nas oitavas

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 8:43

      Com o Castelão dividido por torcedores de Fortaleza e Flamengo, quem fez a festa na noite desta quarta-feira foi a parte rubro-negra. Com o placar de 3 a 0, a equipe carioca cumpriu o seu objetivo e, como ocorreu na primeira fase, quando eliminou o Murici-AL, garantiu com apenas um jogo a sua classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Na próxima etapa da competição o adversário será o Guarani ou outro time cearense, o Horizonte.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Cabofriense, em Macaé, pela quarta rodada da Taça Rio. Já o Fortaleza volta as suas atenções para o Cearense e no mesmo dia e horário faz o clássico com o Ferroviário, também no Castelão.

Fla sai na frente com bomba de pé direito de Renato

O jogo começou com 13 minutos de atraso, por causa do enorme número de pessoas que entrou em campo e mais a troca de meiões (brancos, iguais aos do Fortaleza, por preto) do goleiro Felipe. Com a bola rolando, o camisa 1 mostrou serviço logo aos dois minutos, ao fazer boa defesa em chute de Bismarck. O Flamengo, com Wanderley no ataque, no lugar de Negueba, tentou cadenciar o jogo e adiantou sua marcação ao perceber que o time da casa tentava imprimir um ritmo alucinante à partida.

E os visitantes logo conseguiram uma roubada de bola, com Thiago Neves, aos seis. Ele sofreu falta, e na cobrança Ronaldinho lançou David Braz, que, livre na área, isolou a bola. A partir daí, as faltas se sucederam entre as intermediárias, e o jogo não fluía. Ronaldinho, muito marcado, às vezes por três adversários, buscava espaço. O que conseguiu aos 20, quando lançou na área Thiago Neves, que serviu para Renato disparar uma bomba de pé direito e abrir o marcador. Na comemoração os jogadores do Flamengo simularam um jogo de porrinha (palitos).

Em desvantagem, o Fortaleza passou a ocupar o campo defendido pelo time rubro-negro, que quase não conseguia saída para o ataque. A solução encontrada pelo Flamengo a partir dos 30 minutos foi segurar a bola, trocando passes na defesa e no meio à espera do momento de dar o bote. Se não deu para assustar o time da casa, pelo menos impediu que o Tricolor cearense criasse chances de gol. E assim o time carioca foi para o intervalo com 1 a 0 a seu favor.

Fla domina e faz mais dois gols na etapa final

Mal começou o segundo tempo e Renato disparou um míssil, com a bola passando muito próxima à trave direita do goleiro Fabiano. O lance mostrou de cara que a disposição do Flamengo era decidir a sua classificação na capital cearense. Aos oito, Vanderlei Luxemburgo perdeu a paciência com Egídio, que tinha um cartão amarelo e mais uma vez não se apresentou bem, e pôs Ronaldo Angelim, ídolo das duas torcidas, na lateral esquerda.

Quando o Fortaleza passou a tomar as iniciativas da partida, o Flamengo armou um contra-ataque e chegou ao segundo gol, aos 15, com Wanderley. Ele, que pela primeira vez começou como titular, aproveitou de cabeça uma meia-bicicleta de "pneu furado" de Thiago Neves.

O resultado de 2 a 0 já colocava a equipe carioca direto na terceira fase da Copa do Brasil, por isso o Flamengo passou a, sempre que possível, segurar a bola no seu ataque. O Fortaleza pouco ameaçou, e a tarefa rubro-negra foi facilitada. Aos 46, Diego Maurício, que havia substituído Thiago Neves, recebeu de Ronaldinho e fez o terceiro para consolidar a vitória e a classificação, para a alegria de sua torcida em todo o Brasil.        

veja também