MENU

FH pede paciência ao torcedor: 'Não jogamos contra nenhum cego'

FH pede paciência ao torcedor: 'Não jogamos contra nenhum cego'

Atualizado: Quinta-feira, 29 Julho de 2010 as 9:13

Fernando Henrique em entrevista na praia

(Foto: Cae Mota / Globoesporte.com)  

O discurso de que a chegada ao topo da tabela do Brasileirão tornaria o caminho do Fluminense rumo ao título muito mais difícil tem sido levado a sério nas Laranjeiras. Depois do empate por 1 a 1 com o Botafogo, domingo, no Engenhão, a expectativa é de parada dura no próximo sábado, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, pela 12a rodada, contra o Atlético-PR. Ciente da expectativa do torcedor de retorno à liderança em caso de vitória e tropeço do Corinthians, Fernando Henrique lembrou que o compromisso é contra um adversário que vem embalado por dois resultados positivos.

- Não jogamos contra nenhum cego. A pressão sempre vai existir e temos que estar preparados para isso: atacar e ser atacado. Não há mais bobo no futebol. Estamos há algumas rodadas na parte da frente da tabela não por acaso. Nosso time é jovem, mas é maduro.

O goleiro procurou minimizar ainda a ausência de Fred, maior estrela da equipe, que sofreu um estiramento grau dois na panturrilha esquerda. Segundo FH, o Flu tem boas opções no elenco para suprir a ausência.

- Sabemos a importância que ele tem para o grupo, é um jogador de peso. Mas o Fluminense tem grandes jogadores. Sempre é difícil até para o Muricy escalar o time. Graças a Deus temos boas opções, atletas que podem suprir essa necessidade. Fico triste, o Fred é meu parceiro, liguei para dar força, mas são coisas que acontecem no futebol.

Com 23 pontos, o Fluminense é o segundo colocado no Brasileirão. O Corinthians, com 24, é o líder.

Por Cahê Mota Rio de Janeiro

veja também