MENU

Figueira cede empate ao Santo André

Figueira cede empate ao Santo André

Atualizado: Quarta-feira, 21 Julho de 2010 as 10:29

O Figueirense voltou à liderança da Série B do Brasileirão, com 20 pontos e melhor saldo de gols que Náutico (11 a 3), mas poderia ter se distanciado do adversário pernambucano se tivesse triunfado, nesta terça-feira, no Estádio Orlando Scarpelli. Os anfitriões empataram por 2 a 2 com o Santo André, pela décima rodada da competição, e podem sair da ponta da tabela no sábado – caso Coritiba e Náutico vençam, respectivamente, Sport e Bahia . Logo aos três minutos, o meia Fernandes tabelou com Coutinho e a bola sobrou para Lucas. O lateral cruzou rasteiro, mas a zaga do time paulista afastou o perigo. Cinco minutos depois, Juninho, do Figueira, arriscou do meio da rua. A bola saiu rente à trave esquerda de Júlio César.

A resposta do Santo André veio aos 12 minutos. Anderson Gomes ficou cara a cara com Wilson e... chutou em cima do goleiro. No entanto, aos 26, o Figueirense abriu o placar com Lucas. Ele cobrou falta com maestria no ângulo esquerdo de Júlio César. 1 a 0 para os anfitriões.

O gol de empate do Santo André saiu aos 41 minutos. Andrezinho rolou a bola para Anderson Gomes, que encheu o pé da entrada da área na saída de Wilson. 1 a 1.

Jogo esquenta na etapa final

No segundo tempo, com menos de um minuto de jogo, Wilson fez bela defesa em chute cruzado de Anderson Costa. Mas, aos nove, Maicon respondeu à altura. Ele se livrou de dois marcadores e bateu colocado. A bola explodiu no travessão e não entrou. Aos 17 minutos, Maicon ficou cara a cara com Júlio César e chutou fraco no meio do gol.

O segundo gol do Figueira saiu aos 27 minutos. Maicon ajeitou na entrada da área a bola para William, que emendou de primeira no cantinho esquerdo do goleiro do Santo André. 2 a 1 para os donos da casa. Um minuto depois, Anderson Costa desperdiçou chute à queima-roupa, na entrada da pequena área.

Aos 34, Maicon deu lindo toque de calcanhar para William que, cara a cara com Júlio César, acertou a trave direita. No entanto, aos 36 minutos, veio a ducha de água fria. Piu bateu forte e com efeito de fora da área. A bola morreu no ângulo esquerdo de Wilson. 2 a 2.

  Por GLOBOESPORTE.COM Florianópolis

veja também