MENU

Fisioterapeuta define recuperação de Ricardo Gomes: 'Força e raça'

Fisioterapeuta define recuperação de Ricardo Gomes: 'Força e raça'

Atualizado: Segunda-feira, 28 Novembro de 2011 as 2:30

No último dia 28 de agosto, Ricardo Gomes sofria um grave AVC (acidente vascular cerebral) no Engenhão, no decorrer do clássico contra o Flamengo, 0 a 0, pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão. Foram dias de extrema apreensão, com o técnico correndo risco de morte. Nas semanas seguintes, porém, o quadro evoluiu gradativamente, e a dúvida era se ele teria ou não sequelas. Nesta segunda-feira, exatos três meses depois, nenhuma destas preocupações existe mais. Pelo contrário. Hoje em dia, Ricardo Gomes recuperou totalmente a força no lado direito do corpo, o mais afetado pela doença.

Desde o início do tratamento, Ricardo realizou mais de 300 sessões de fisioterapia com a equipe do Hospital Pasteur, onde ficou internado ao longo de 21 dias após a cirurgia. Pela primeira vez desde o início do tratamento, o treinador atingiu o grau 5, nível máximo de recuperação em uma escala que vai de 1 a 5. No dia da alta hospitalar, por exemplo, ele estava no grau 3.

Ricardo Gomes com a equipe de fisioterapeutas (Foto: Divulgação) A fisioterapeuta Natália Runco, filha do médico do Flamengo e da Seleção Brasileira, José Luiz Runco, comanda as sessões ao lado do marido e também fisioterapeuta Luiz Tiago Santos de Carvalho. A médica não esconde a felicidade pelo sucesso e pela recuperação de Ricardo Gomes. Ela elogiou a força e a determinação do treinador, que ainda realiza exercícios complementares.

- Atualmente, além das sessões de fisioterapia em domicilio, Gomes também faz um tratamento de reabilitação e musculação, num centro especializado. Duas palavras simplificam a surpreendente recuperação dele: força e raça. Ele é um paciente extremamente dedicado e empenhado - afirmou Natália Runco.          

veja também