MENU

Fla aposta no banco, paga dívida de empates e repete sequência de 2009

Fla aposta no banco, paga dívida de empates e repete sequência de 2009

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 11:40

Com a vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo nessa quarta-feira, o Flamengo completou uma sequência de três vitórias seguidas no Brasileirão, o que não acontecia desde 2009, quando o time conquistou o título. E, se nas instituições financeiras espalhadas pelo país se guarda dinheiro e criam-se dívidas, no banco rubro-negro estão as apostas para somar pontos preciosos e sair do vermelho depois de quatro empates consecutivos diante de Bahia, Atlético-PR, Corinthians e Botafogo. Nos três triunfos, jogadores que estavam na reserva ajudaram no saldo positivo das partidas.

- O time todo jogou bem, não apenas alguns jogadores. Entro sempre para tentar fazer o melhor e ajudar o grupo - declarou Bottinelli, que saiu do banco e foi o autor do gol da vitória sobre o São Paulo.

O argentino entrou aos 18 minutos do segundo tempo na vaga de Airton. No mesmo momento, Deivid cedeu lugar a Negueba, responsável pela boa jogada que resultou no gol de Bottinelli.

A sequência de três vitórias começou diante do Atlético-MG. O Flamengo perdia por 1 a 0 em pleno Engenhão, e saiu para o intervalo sob vaias. Aos 14 minutos do segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo colocou Deivid e Negueba nas vagas de Wanderley e David Braz, respectivamente. E os dois foram decisivos.

Botinelli comemora com Ronaldinho o gol da vitória do Flamengo (Foto: Guilherme Pinto / Ag. O Globo)

  Ronaldinho empatou a partida depois de receber cruzamento de Negueba. Aos 31, novamente Negueba foi acionado na área pela direita e bateu cruzado, encontrando Thiago Neves livre para tocar para a rede e fazer 2 a 1.

Muralha, outro reserva que entrara na vaga de Luiz Antonio, deu passe para Deivid marcar o terceiro. E o atacante ainda fez outro gol, o seu segundo na partida, que selou a vitória por 4 a 1 e garantiu seu retorno ao time titular.

Depois da partida, Vanderlei Luxemburgo apelou para a humildade quando questionado se as alterações mudaram o panorama da partida.

- Mexi no time para jogar a equipe mais para cima deles, mas não foram as mexidas que decretaram a vitória. Eu não fui fantástico - declarou o técnico, depois da partida.

Na vitória por 3 a 2 sobre o América-MG, nova ajuda vinda do banco. Depois de abrir o placar em cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho, o Rubro-Negro permitiu a virada ainda no primeiro tempo. Luxa, então, tirou Luiz Antonio para a entrada de Negueba. Aberto pela direita, ele foi sempre uma boa alternativa e deu velocidade ao time nos contra-ataques.

Deivid empatou a partida. Foi a vez de Willians sair para a entrada de Bottinelli, que protagonizou lance decisivo. Aos 39, o argentino recebeu na intermediária, teve tempo de olhar e deu belo passe para Ronaldinho Gaúcho decretar a vitória.

Nesta quarta-feira, Negueba e Bottinelli saíram do banco no segundo tempo e foram decisivos na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo.

Negueba destacou a ajuda que recebe do grupo.

- É importante a liberdade que todos me dão para jogar, partir para cima. Fico muito feliz de ter ajudado o time com a jogada do gol - declarou o jogador.

No ano passado, o Flamengo não engrenou três vitórias consecutivas. A última vez que isso aconteceu foi em 2009, quando o time bateu Santos (1x0), Atlético-MG (3x1) e Náutico (2x0) entre a 33ª e a 35ª rodadas, arrancando para o título.            

veja também