MENU

Fla sofre com problema inusitado: superpopulação de goleiros

Fla sofre com problema inusitado: superpopulação de goleiros

Atualizado: Quarta-feira, 9 Fevereiro de 2011 as 3:04

Vida de goleiro reserva é dura. Quase sempre sentado no banco e com poucas perspectivas de participar das partidas. No Flamengo, a situação acentua-se. Atualmente, cinco goleiros treinam no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande: Felipe, o titular, Paulo Victor, Vinícius, Marcelo Lomba e César.

- A motivação é estar em um time forte, grande. Tudo tem seu momento. Hoje ele é o quinto, depois é o primeiro – afirmou Felipe, que chegou no clube nesta temporada e participou dos oito jogos do ano, incluindo os dois amistosos.     O técnico Vanderlei Luxemburgo e o preparador Cantarele preocupam-se com a motivação dos jogadores. Por isso, Paulo Victor e Vinícius revezam a vaga entre os suplentes. Campeão da Copinha e recém-promovido, César “desce” para disputar as partidas dos juniores no Campeonato Estadual.

A exceção é Marcelo Lomba. O goleiro foi titular no segundo semestre de 2010, mas o treinador considerou melhor emprestá-lo. Ele foi para a Ponte Preta, mas um entrave jurídico o fez retornar. Enquanto não acerta com o novo clube, ele mantém a forma com o grupo principal do Flamengo.

Classificado em primeiro lugar do Grupo A, com 18 pontos, o Flamengo encerra a primeira fase contra o Resende, domingo. Teoricamente, a partida poderia servir para dar chance a um dos goleiros. Entretanto, Felipe avisou:

- Vou pedir para jogar. Nesse início de ano é bom jogar sempre para pegar entrosamento e diminuir os erros.    

veja também