MENU

Fla vê unificação como chance de reabrir debate sobre título de 87

Fla vê unificação como chance de reabrir debate sobre título de 87

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 2:12

A decisão da CBF de reconhecer os títulos nacionais obtidos entre 1959 e 1970 reabre a discussão sobre a possibilidade de o Flamengo ter a conquista da Copa União, de 1987, reconhecida oficialmente pela entidade como título brasileiro. Neste caso, o Rubro-Negro seria oficialmente hexacampeão do país e confirmado como o primeiro pentacampeão, o que daria o direito de receber a Taça das Bolinhas.

Em abril, a CBF anunciou que entregaria o troféu ao São Paulo, o que não ocorreu. Na época, o Flamengo enviou documentos à entidade (com o clube paulista reconhecendo a conquista dos cariocas), num pedido de reconsideração da decisão tomada. Foram apresentadas a ata da reunião de 88, que reconhece Flamengo e Internacional como campeão e vice-campeão de 87, sem necessidade de cruzamento com Sport e Guarani; a ata da reunião extraordinária de 97, determinando que os dois clubes (Flamengo e Sport) não precisavam ter se enfrentado e que, portanto, são os campeões de 87; e o ofício de 2007, reforçando a decisão da reunião de 1997.

O regulamento de 1987 obrigava os times do chamado Módulo Verde (Primeira Divisão) a enfrentarem os do Módulo Amarelo (Segunda Divisão). Os clubes da elite fizeram acordo e se negaram a fazer o cruzamento com Sport e Guarani, o que gerou toda a polêmica.

- É mais uma abertura que o Flamengo tem. Reabre a discussão. Estamos esperando uma definição da CBF sobre o pedido de reconsideração feito quando da decisão de dar a Taça das Bolinhas ao São Paulo. Ainda não houve uma posição sobre isso, mas a unificação é mais um elemento. Vou aguardar porque acreditamos que seja reconsiderada com os argumentos que foram apresentados – explicou o vice jurídico do Flamengo, Rafael de Piro.    

veja também