MENU

Flamengo é declarado hexa pela CBF e quer receber a Taça das Bolinhas

Flamengo é declarado hexa pela CBF e quer receber a Taça das Bolinhas

Atualizado: Terça-feira, 22 Fevereiro de 2011 as 2:45

Foi o final que o Flamengo esperava para uma história que começou há 23 anos. No dia 13 de dezembro de 1987, Zico, Bebeto e Cia. foram campeões da Copa União. Mas só na última segunda-feira eles foram reconhecidos pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) como campeões brasileiros daquele ano. O maior ídolo do Rubro-Negro recordou o que sentiu na ocasião.

- Lembro que aquele ano foi especial porque sofri bastante com problemas no joelho. Sai da final direto para a mesa de cirurgia. Então eu nunca admiti que me tirassem esse titulo - afirmou.

O ex-lateral-direito do Flamengo e agora técnico de futebol Jorginho compartilha de opinião parecida com a do Galinho.

- (O título) é real para o torcedor do Flamengo. Para aqueles que jogaram, para o (técnico) Carlinhos. Mas sempre ficava a duvida: quando haverá esse reconhecimento. Tenho certeza de que isso vem reforçar nossa conquista, que foi legitima - disse.

Em 1987, os principais clubes do país se uniram para organizar a Copa União. No entanto, a CBF promoveu outro campeonato e exigiu que os dois primeiros colocados dos dois torneios se enfrentassem para decidir quem seria o campeão brasileiro. O Flamengo se recusou, e o Sport foi reconhecido como o vencedor. Isso até a última segunda-feira, já que o presidente da entidade esportiva voltou atrás na decisão.

- É uma passada a limpo no futebol brasileiro, merecida e juridicamente justificada - ponderou Ricardo Teixeira.

O que despertou outra polêmica. Quem deve ser o detentor da Taça das Bolinhas? O troféu foi entregue pela Caixa para o São Paulo na semana passada. Só que desde a última segunda-feira, o Rubro-Negro pode ser considerado o primeiro pentacampeão brasileiro.

- Meu desejo é o desejo do Flamengo também. Agora o São Paulo deve ter a nobreza e a grandeza de devolver a Taça para a Caixa Econômica. A Taça, como a medalha, é a materialização do titulo. Então, a gente quer sim, a torcida quer. Não é que tenha importância, mas o Flamengo vai brigar por isso - garantiu a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim.    

veja também