MENU

Flamengo e Vasco tem confronto hoje por vaga na final

Flamengo e Vasco tem confronto hoje por vaga na final

Atualizado: Quarta-feira, 22 Fevereiro de 2012 as 8:58

Se quiserem chegar à final da Taça Guanabara, Vasco e Flamengo terão que quebrar tabus. O cruzmaltino está há oito jogos sem vencer o maior rival, sendo a última vitória março de 2009, pela Taça Rio. Por sua vez, o rubro-negro espera ainda por uma grande atuação de sua maior estrela em um clássico regional, já que Ronaldinho Gaúcho ainda não marcou contra os times grandes do Rio de Janeiro.

A última vitória do cruzmaltino ocorreu no dia 22 de março de 2009, quando Elton e Jeferson marcaram os gols do triunfo por 2 a 0, pela fase de grupos da Taça Rio.  Desde então as equipes se enfrentaram em mais oito oportunidades, com três vitórias para o time da Gávea e cinco empates (veja tabela ao lado). O último deles, o Flamengo sem pretensões na última rodada do Brasileiro colocou água no Chopp do Vasco, que lutava ponto a ponto pelo título com o campeão Corinthians.

Eduardo Costa falou sobre essa sequência negativa vivida por sua equipe sem vencer o maior rival. O volante, no entanto, minimizou a estatística pelo fato de a maioria dos jogadores do atual grupo não fazerem parte deste histórico recente.

“Apesar de a grande maioria ter chegado há pouco tempo e não ter pegado esse período de não passar pelo Flamengo, hoje estamos dentro dessa história. É um grupo de jogadores com currículo, trajetória vitoriosa e incomoda.

Queremos acabar logo com isso, mas é muito difícil e não pode entrar para ganhar de qualquer jeito”, disse.

Para esta partida, o técnico Cristóvão Borges só não poderá contar com o atacante Eder Luis, que se recupera de fratura no pé direito, e dos volantes Rômulo e Allan, com um edema ósseo e estiramento na coxa direita, respectivamente.

Juninho Pernambucano, que não havia treinado na segunda-feira, participou normalmente das atividades desta terça e está confirmado para a partida. O volante, inclusive, deverá ser titular ao lado de Felipe no meio de campo.

Pelo outro lado do clássico, o Flamengo vive com a frustração de sua maior estrela não ter feito gol em confrontos regionais. Ronaldinho Gaúcho jogou, até o momento, 10 clássicos, mas, embora ainda não tenha estufado as redes adversárias, tem um bom retrospecto e defenderá uma invencibilidade nestas partidas. São duas vitórias e oito empates, além de uma classificação nos pênaltis contra o próprio Vasco em 2011.

Os torcedores estão na expectativa para comemorar um gol do camisa 10 contra um de seus rivais, mas convivem com a desconfiança com seu ídolo, que gosta muito da noite carioca e foi um dos principais nomes neste Carnaval, mesmo sem ter desfilado.

Independentemente de Ronaldinho marcar ou não, o clássico contra o Vasco despertou uma vontade extra nos jogadores. O lateral direito Léo Moura elogiou o rival, mas deixa claro que o rubro-negro fará de tudo para chegar à final.
“É um grande clássico. O Vasco está bem na competição, mas clássico é clássico. Nós vamos buscar a vitória, pois só assim chegaremos à final da Taça Guanabara”, afirmou.

O técnico Joel Santana ainda não definiu o substituo de David Braz, que levou o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática. O mais provável é que Gustavo seja o escolhido, embora o treinado não descarte improvisar Airton na zaga e utilizar Maldonado no meio campo.

"Treinamos duas formações e vamos ver o que iremos definir. O que tentamos fazer no treino é ver como estes times se comportavam em campo e agora vamos escolher o modo mais agradável para nós. Foram 30 minutos de treino. É pouco, mas pelo menos não crio uma surpresa para eles. Isso não é mistério", disse Joel.

FICHA TÉCNICA:

VASCO X FLAMENGO
Estádio:Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 22/2/2012 - 22h (de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos
Auxiliares: Luiz Antonio Muniz de Oliveira e Eduardo de Souza Couto

VASCO:Fernando Prass, Fagner, Dedé, Rodolfo e Thiago Feltri; Eduardo Costa, Nilton, Felipe e Juninho; Diego Souza e Alecsandro.
Técnico: Cristóvão Borges

FLAMENGO:Felipe, Léo Moura, Welinton, Gustavo (Airton) e Junior Cesar; Aírton (Maldonado), Willians, Renato e Ronaldinho; Love e Deivid.
Técnico: Joel Santana

 

 

 

Com informações de UOL

veja também