MENU

Flamengo e Vasco: velha rivalidade em nova versão no Brasileiro

Flamengo e Vasco: velha rivalidade em nova versão no Brasileiro

Atualizado: Domingo, 28 Agosto de 2011 as 8:33

Não são poucos os duelos decisivos pelo Campeonato Carioca. Mas quando entrarem em campo do Engenhão, neste domingo, às 16h (de Brasília), Flamengo e Vasco escreverão um novo capítulo de sua rivalidade em nível nacional. Nunca antes na história do Campeonato Brasileiro as equipes estiveram tão bem classificadas quando se enfrentaram na fase de classificação da competição mais importante do país.

Com 35 pontos, o Flamengo ocupa a segunda posição e pode chegar à liderança se vencer o rival e contar com um tropeço do Corinthians, primeiro colocado com 37. Já o Vasco, que é o quinto, com 34 pontos, tomará o lugar do Rubro-Negro se ganhar. O caso mais próximo ao deste domingo foi em 1999: na primeira fase do Brasileirão, o Flamengo era o vice-líder, e o Vasco, o quinto colocado. Os cruz-maltinos ganharam por 1 a 0, gol de Juninho Pernambucano.

De volta ao Vasco, o Reizinho será um dos personagens da partida deste domingo. Do outro lado estará Ronaldinho Gaúcho, que vai travar um duelo à parte com o zagueiro Dedé, seu companheiro de Seleção Brasileira. O time cruz-maltino chega ao clássico acumulando três rodadas de invencibilidade no nacional (duas vitórias e um empate), embora tenha sido derrotado pelo Palmeiras (3 a 1) na Sul-Americana. Já o Flamengo vem de três partidas sem vitórias (uma derrota e dois empates), mas bateu o Atlético-PR na Arena da Baixada pelo torneio continental.

A partida terá arbitragem de Péricles Bassols (Fifa/RJ), auxiliado por Dibert Pedrosa Moisés (Fifa/RJ) e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ). A TV Globo transmite o jogo para toda a rede, exceto os estados da BA, RS, SP, PR e MG e a cidade de Caruraru (PE). As cidades de Curitiba, Foz do Iguaçu (PR) e Juiz de Fora (MG) e Santos (SP) assistem ao clássico carioca. O canal Premiere exibe o jogo para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real.

Flamengo: Vanderlei Luxemburgo diz que a intenção do Flamengo é terminar o primeiro turno na zona de classificação para a Libertadores, o que está garantido. Mas o primeiro lugar da tabela também é uma meta. Para isso, o time precisa derrotar o Vasco e torcer para que o Corinthians perca para o Palmeiras.

Vasco: numa disputa direta, o Vasco busca superar superar seu rival da tabela do Campeonato Brasileiro. Se vencer, pode pular para a segunda posição, igualando o Corinthians e ficando em segundo lugar apenas na diferença de saldo de gols. Portanto, derrotar o Flamengo no clássico pode fazer o time cruz-maltino começar o segundo turno embalado.

Flamengo: Vanderlei Luxemburgo tem o time pronto na cabeça, mas preferiu não divulgar. Ele não pode contar com Thiago Neves, que se recupera de um estiramento na coxa direita, nem com Airton, operado por conta de uma lesão meniscal no joelho esquerdo. Darío Bottinelli e Luiz Antonio devem ser mantidos. O time teria Felipe, Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar; Willians, Luiz Antonio, Renato e Bottinelli; Ronaldinho e Deivid.

Vasco: Ricardo Gomes ganhou um problema de última hora. Por causa da negociação com o Al-Jaish, do Qatar, Anderson Martins não foi relacionado para o clássico. Juninho Pernambucano, que foi poupado na última quinta-feira, retorna ao time. Julinho, que se recupera de lesão, deve ser escalado pelo treinador.  O Vasco deve entrar em campo com a seguinte formação: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Renato Silva e Julinho; Jumar, Romulo, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro.

Flamengo: além de Thiago Neves e Airton, Luxemburgo não pode contar com Maldonado, que se recupera de cirurgia no joelho esquerdo e só deve voltar em duas semanas. Outro que não joga é o zagueiro David Braz. Ele está internado com uma forte amigdalite.

Vasco: negociado com um clube do Qatar, Anderson Martins está fora do jogo. Felipe se recupera de uma cirurgia no joelho direito e o volante Nílton ainda estão entregues ao departamento médico.

Flamengo: Bottinelli, Junior Cesar, Muralha e Welinton.

Vasco: Élton, Fagner, Felipe, Jumar, Leandro e Romulo.

Flamengo: em Ronaldinho Gaúcho. Com dez gols, ele é o vice-artilheiro do Brasileirão (Borges, do Santos, tem 12). Sem Thiago Neves, machucado, o camisa 10 tem mais um desafio pela frente. R10 participou de seis clássicos desde que estreou e passou em branco em todos: três vezes contra o Botafogo, duas contra o Fluminense e uma contra o Vasco. Chegou a ter boa participação em alguns, como na semifinal da Taça Guanabara contra o Botafogo e na final da Taça Rio contra o próprio Vasco. No entanto, no geral, ficou devendo. Chegou a hora de encantar contra um rival?

Vasco: autor do gol que deu a vitória ao Vasco na única disputa direta na ponta da tabela numa etapa de pontos corridos do Brasileiro, Juninho Pernambucano é o ponto de equilíbrio da equipe. Com sua experiência, é responsável por orientar a defesa e articular as jogadas de ataque, servindo o trio Diego Souza, Eder Luis e Alecsandro. Será a primeira vez que o capitão enfrenta o maior rival vascaíno desde 2000.

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo: “Estamos prontos para o jogo. Estamos trabalhando para terminar o turno naquela classificação de Libertadores, no grupo da frente. É um jogo complicado, difícil, mas vamos trabalhar para conquistar o resultado e nos mantermos ali nas primeiras colocações. Eu tenho procurado usar todos os atletas, e o elenco tem dado respostas. Mas sem deixar de destacar que o Thiago (Neves) faz falta .”

Ricardo Gomes, técnico do Vasco: "São dois times que vivem grande momento e vão realizar um grande jogo. Em termos de classificação será muito importante, mas também não é o último jogo do ano. O vitorioso sai fortalecido moralmente para buscar voos maiores.”

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* A última derrota do Flamengo para o Vasco foi em 22 de março de 2009, quando o time cruz-maltino fez 2 a 0, pelo Campeonato Carioca. Desde então, foram seis clássicos, com trÊs vitórias rubro-negras e três empates. Já pelo Brasileirão, o jejum vascaíno é de cinco anos ou seis jogos. O último resultado positivo foi em 26 de outubro de 2006 - 3 a 1 para o Vasco.

* Além do jogo de 1999, Flamengo e Vasco protagonizaram outros confrontos diretos em Brasileiros, mas em fases decisivas. Em 1983, o confronto foi válido pelas quartas de final, com o Rubro-Negro levando a melhor. Em 1992, na fase semifinal - com grupos -, o Flamengo venceu por 2 a 0 e houve empate em 1 a 1. Em 1997, na mesma situação, o Vasco passou com empate em 1 a 1 e goleada por 4 a 1.

* Edmundo é o maior artilheiro do clássico pelo Campeonato Brasileiro, com oito gols marcados, todos pelo time cruz-maltino. Atrás dele estão Roberto Dinamite (sete gols) e Zico (cinco).

Flamengo e Vasco se enfrentaram pela última vez no dia 1º de maio de 2011, em duelo válido pela final da Taça Rio, no Engenhão. O clássico terminou empatado em 0 a 0 no tempo normal, e a decisão foi para os pênaltis. Bernardo, Fellipe Bastos e Élton desperdiçaram cobranças para os vascaínos, e Thiago Neves converteu para o Rubro-Negro, que venceu por 3 a 1. Com a conquista do segundo turno, o Flamengo sagrou-se campeão carioca por antecipação, já que também havia conquistado a Taça Guanabara.      

veja também