MENU

Flamengo lidera ranking de roubadas de bola, e Willians elogia corintiano

Flamengo lidera ranking de roubadas de bola, e Willians elogia corintiano

Atualizado: Terça-feira, 24 Agosto de 2010 as 8:24

Um fator que facilitou o título brasileiro em 2009 para o Flamengo foi o grande número de roubadas de bola que o time executou ao longo da temporada. A equipe rubro-negra fez 781 desarmes contra 653 do Palmeiras, segundo colocado no fundamento, e 633 do São Paulo. Agora, a vantagem que o time já abriu mostra que seus defensores continuam atentos. O Fla foi o único que já roubou mais de 300 bolas em 15 rodadas, totalizando 306, o que dá uma grande vantagem sobre o Botafogo, segundo lugar no geral com 264. Confira a lista completa: Observando os números, podemos notar a preocupação das equipes cariocas com as roubadas de bola, já que Flamengo, Botafogo e Fluminense ocupam as três primeiras colocações, e o Vasco não está muito longe em sexto lugar. Por outro lado, os gaúchos parecem interessar-se menos pelos desarmes, já que o Grêmio é o lanterna deste ranking, enquanto o Internacional encontra-se apenas duas posições acima do arquirrival em 18º. Além de ser o time que mais roubava bolas, o bom ladrão do Brasileirão 2009 também era rubro-negro. Willians fez 149 desarmes perfeitos na bola contra 116 do argentino Guiñazu, volante do Inter. A concorrência, porém aumentou em 2010 e, apesar de suas 45 roubadas até agora o colocarem numa posição de destaque no seu clube, o camisa 8 está apenas em quarto lugar geral. Atrás de Elias, do Corinthians, Mariano, do Fluminense, e Márcio Careca, do Guarani. O campeão do fundamento em 2009 prometeu muita luta e elogiou bastante o primeiro do ranking.

- Nem sabia. Vou dar o máximo para ultrapassá-lo. Quem dera se eu e Elias jogássemos no mesmo time. Seria complicado demais para os adversários. Ele joga um pouco mais adiantado, mas temos características parecidas - analisou Willians.

No ano passado, a esta altura da competição, Willians disputava roubada a roubada com Pierre, do Palmeiras, que chegou a liderar o ranking, mas uma contusão no tornozelo esquerdo tirou o atleta alviverde da maior parte do returno e abriu caminho para o adversário abrir vantagem e não mais ser alcançado.

veja também