MENU

Flamengo sofre, mas vence Friburguense por 1 a 0

Flamengo sofre, mas vence Friburguense por 1 a 0

Atualizado: Domingo, 18 Março de 2012 as 6:27

Gazeta

Com um gol de Kleber no segundo tempo, o Flamengo venceu por 1 a 0 o Friburguense, neste domingo, em Macaé, e ficou na briga por uma vaga nas finais da Taça Rio. A vitória deixou os rubro-negros com nove pontos no grupo A, provisioriamente na zona de classificação do segundo turno. Já a equipe da serra segue com um ponto no grupo B, na lanterna.

O Flamengo sofreu desde o início da partida com a falta de Vagner Love e Deivid. Os rubro-negros criavam oportunidades e finalizavam mal. No primeiro tempo, o argentino Bottinelli ainda desperdiçou um pênalti. Somente na etapa final, os comandados de Joel Santana chegaram a vitória com Kleberson, que havia entrado durante o jogo. Desde que foi reintegrado, foi o segundo gol em duas partidas.

Na próxima rodada, o Flamengo vai até a Cidade do Aço para encarar o Volta Redonda, no próxima domingo. Já o Friburguense vai entrar em campo no sábado, contra o Olaria, na Rua Bariri.

O jogo

A partida começou com o Friburguense buscando mais o ataque que o Flamengo, mas a equipe da serra só conseguiu criar uma boa chance aos nove minutos. Ziquinha recebeu em velocidade e chutou. O goleiro Felipe resvalou na bola, que foi no travessão rubro-negro. A reposta flamenguista veio no minuto seguinte, mas Galhardo finalizou fraco, nas mãos de Marcos.

Aos poucos, o Flamengo foi tomando conta do confronto e passou a chegar com mais facilidade no setor ofensivo. Sem seus atacantes titulares, os rubro-negros sofriam e tiveram boa chance após chute de fora da área que Marcos defendeu em dois tempos. Os rubro-negros por pouco não abriram o placar aos 20 minutos. Bottinelli tentou surpreender em cobrança de escanteio e acertou o travessão do Friburguense.

O confronto seguia movimentado, mas com as duas equipes tendo dificuldade em finalizar. O Flamengo teve grande oportunidade de abrir o placar aos 33 minutos. Thomás caiu ao tentar chutar e o árbitro marcou o pênalti. No entanto, o goleiro Marcos defendeu a cobrança de Bottinelli e salvou o Friburguense ao pegar o chute de Diego Maurício no rebote.

Mesmo depois do pênalti desperdiçado, o Flamengo não desanimou, mas a equipe sofria com a falta de objetividade no ataque. Nos minutos finais, os rubro-negros ainda viram o Friburguense melhorar e ter boa chance antes do intervalo. Ziquinha arriscou de fora da área, a bola quicou e quase enganou Felipe, que foi obrigado a esplamar para fora. Com isso, o jogo foi para o intervalo com a igualdade em Macaé.

A etapa final iniciou movimentada, com o Friburguense tendo a primeira boa chance aos quatro minutos, com Sérgio Gomes. No entanto, no minuto seguinte, o Flamengo por pouco abriu o placar com Bottinelli. O argentino recebeu na área e chutou na trave esquerda de Marcos. No rebote, Diego Maurício não conseguiu dominar a bola e a viu ir para a linha de fundo. A equipe da serra voltou a assustar logo depois. Ziquinha finalizu da entrada da área, na trave esquerda de Felipe.

Com os dois times indo para frente, os contra-ataques aconteciam com certa frequência. O Flamengo aproveitou um bom avanço aos 12 minutos quando Luiz Antônio lançou Diego Maurício. O atacante chutou duas vezes e viu o goleiro Marcos fazer grandes defesas. A resposta do Friburguense veio em seguida, novamente com Ziquinha, que finalizou a esquerda do gol rubro-negro. Pouco depois, o time da serra desperdiçou sua grande chance até o momento. Após falha de David Bráz, Rômulo foi lançado e de frente para Felipe, tocou para fora.

Depois da parada técnica, o Flamengo passou a dominar o confronto. Os rubro-negros conseguiam criar muitas chances de gol, mas pecavam no passe final. Somente aos 35 minutos, os flamenguistas chegaram ao gol em jogada de atletas que vieram do banco. Paulo Sérgio lançou Kleberson na áres e o experiente meia chutou na saída de Marcos.

Nos minutos finais, o Friburguense partiu para cima do Flamengo e chegou a ter um gol anulado após impedimento de Lucas. Os rubro-negros conseguiram segurar a pressão e saíram de campo com a vitória.


Continue lendo...

veja também