MENU

Flamengo x São Paulo: afirmação e reação em jogo no Rio

Flamengo x São Paulo: afirmação e reação em jogo no Rio

Atualizado: Quarta-feira, 6 Julho de 2011 as 9:49

No embalo de dois para lá, dois para cá, Flamengo e São Paulo se encontram nesta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Engenhão, na oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Pelo Rubro-Negro, são duas vitórias que injetaram ânimo no time e garantiram a sexta colocação na tabela, com 13 pontos (contra Atlético-MG e América-MG). Já o Tricolor Paulista vem de duas derrotas. Uma delas duríssima: goleada de 5 a 0 contra o Corinthians e 2 a 0 para o Botafogo, no Morumbi. A equipe está em segundo, com 15 pontos. É justamente a curta distância entre eles que promete aquecer o confronto. Cariocas e paulistas são concorrentes diretos na briga pelo G-4.

Outra semelhança: São Paulo e Flamengo são as equipes que mais desarmam na competição. O Tricolor lidera a estatística com 289 desarmes, enquanto o Rubro-Negro tem três a menos. Os dois times também têm destaques individuais no quesito. Willians é o maior ladrão de bolas, com 29 desarmes. Os são-paulinos Rodrigo Souto e Wellington têm 22 (mesmo número do colorado Guiñazu).

Ronaldinho é o goleador do Brasileirão, com cinco gols. Dagoberto tem um,

 mas é o artilheiro são-paulino em 2011: 14 gols (Foto: Montagem sobre foto da VIPCOMM)

  A Rede Globo transmite para os estados de RS, SC, PR, SP, ES, GO, TO, MS, MT, BA, PE, CE, PI, MA (exceto Balsas) e DF, além das cidades de Resende-RJ, Uberlândia-MG e Ituiutaba-MG. O PFC mostra para todo o país, e o GLOBOESPORTE.COM detalha todos os lances em Tempo Real. Márcio Chagas da Silva-RS (ASP-Fifa) apita a partida, auxiliado por Altemir Hausmann-RS (Fifa) e Roberto Braatz-PR (Fifa).

Flamengo: o Flamengo tenta manter o embalo no Brasileirão depois de duas vitórias consecutivas, sobre Atlético-MG (4 a 1) e América-MG (3 a 2). O Rubro-Negro soma 13 pontos em sete partidas e está invicto na competição. A semana será decisiva para a equipe de Vanderlei Luxemburgo, já que no domingo o time terá o Fluminense pela frente.

São Paulo: após duas derrotas seguidas (Corinthians e Botafogo), a desconfiança voltou a assustar o São Paulo. A pressão em cima do técnico Paulo César Carpegiani é muito grande e poderá ficar insustentável em caso de nova derrota. Para piorar, o time tem a difícil tarefa de buscar a reabilitação diante de um rival que cresceu muito de produção e que contará com o apoio de sua torcida no Engenhão.

Flamengo: Airton fará sua reestreia pelo Flamengo. Com isso, Vanderlei Luxemburgo levará a campo uma nova formação. O técnico reforçou o sistema de marcação para dar mais liberdade aos laterais. O time que vai enfrentar o São Paulo é formado por Felipe, Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Junior Cesar; Airton, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.

São Paulo: após dois treinos táticos, o treinador são-paulino resolveu utilizar a formação que deu certo nas duas primeiras vitórias da equipe fora de casa, com quatro volantes no meio-campo. Para dar mais segurança para a defesa, que levou sete gols nos últimos dois jogos, Carpegiani usará três zagueiros. Em relação ao time que perdeu para o Botafogo, o treinador terá os reforços de Wellington e Carlinhos Paraíba, que cumpriram suspensão na última rodada, e de Rhodolfo, que se recuperou de lesão na coxa esquerda. A equipe jogará com Rogério Ceni, Xandão, Rhodolfo, Luiz Eduardo e Juan; Rodrigo Souto, Wellington, Jean e Carlinhos Paraíba; Marlos e Dagoberto.

Flamengo: Maldonado, ainda em recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo. São Paulo: Luis Fabiano (machucado, ainda não reestreou pelo Tricolor) e Ilsinho (lesão na coxa direita).

Flamengo: Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves.

São Paulo: não tem.

Flamengo: Ronaldinho Gaúcho é o artilheiro do Brasileirão, com cinco gols. Mas o camisa 10 entrará em campo pendurado com dois cartões amarelos, assim como Thiago Neves. Caso sejam advertidos, eles terão de cumprir suspensão contra o Fluminense, domingo. Outro que merece ser observado no time rubro-negro é Airton, que volta depois de um tempo inativo e ainda deverá sentir a falta de ritmo.

São Paulo: após ter ficado fora da partida contra o Botafogo para acalmar o ambiente por causa de suas fortes declarações feitas após a goleada para o Corinthians, Dagoberto voltará a comandar o ataque do São Paulo. Com 14 gols na temporada, o artilheiro do time em 2011 luta para voltar a marcar, o que não acontece desde o dia 22 de maio, quando fez um dos tentos da vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense.

Deivid, atacante do Flamengo:  “Sei que a torcida está mais confiante, mas se eu parar de fazer gols a cobrança vai voltar. Espero jogar da mesma forma que tenho feito. Brasileiro é um campeonato muito competitivo, são equipes fortes. O São Paulo vem de duas derrotas, mas temos de respeitar”.

Paulo César Carpegiani, técnico do São Paulo: "Tenho a esperança de que podemos ir lá e buscar a vitória. Temos de jogar, temos de nos impor. O Campeonato Brasileiro é muito complicado, eu já disse isso a vocês. Assim como as vitórias, as derrotas já passaram. É preciso tirar proveito do que aconteceu" .

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* Caso perca para o Flamengo, o São Paulo sofrerá sua terceira derrota seguida, fato que

não acontece desde 2009. Comandado por Muricy Ramalho, o Tricolor foi derrotado duas

vezes pelo Corinthians nas semifinais do Campeonato Paulista e perdeu para o Independiente Medellín na Libertadores;

* Flamengo e São Paulo já se enfrentaram 109 vezes ao longo da história. O Tricolor Paulista conseguiu 45 vitórias, contra 34 do Rubro-Negro e 30 empates. O São Paulo marcou 190 gols, contra 162 do Fla;

* A média de gols das partidas entre Flamengo e São Paulo em Brasileiros é de 2,6 por jogo. Foram marcados 110 gols em 43 confrontos.

Em 8 de setembro do ano passado, as equipes se enfrentam pela 20ª rodada do Brasileirão, no Morumbi, e o São Paulo levou a melhor com tranquilidade: 2 a 0. Marlos e Fernandão, que já deixou o clube, marcaram os gols da partida. Na ocasião, o Tricolor assumiu o oitavo lugar no campeonato. O Flamengo, comandado por Silas, ficou mais perto da zona de rebaixamento. Uma curiosidade: o meia-atacante Lucas, que está com a Seleção Brasileira na Copa América, ainda usava o apelido Marcelinho, recebido na época em que fez parte da escolinha do ex-jogador do Corinthians.            

veja também