MENU

Flu libera Alex para o Inter e anunciará Edinho nesta segunda

Flu libera Alex para o Inter e anunciará Edinho nesta segunda

Atualizado: Segunda-feira, 17 Janeiro de 2011 as 8:15

O jovem Alex foi o jogador escolhido pelo Inter para liberar Edinho para defender o Fluminense. Contratado ao Partizan Belgrado, da Sérvia, no fim do ano passado, o atacante disputou o Brasileiro sub-23 e passou a integrar o grupo principal tricolor na pré-temporada, em Mangaratiba. Os bons treinamentos, porém, não o farão ser aproveitado por Muricy. Revelado pelo Grêmio, o jovem de 20 anos segue para o Colorado por empréstimo de uma temporada.

Com isso, fecha a conta para que Edinho assine com o Flu pelos próximos três anos. O fato de a negociação ter sido concluída no fim de semana impediu o anúncio oficial, mas nesta segunda os clubes vão trocar a documentação e confirmar os reforços. O Inter segue com 50% dos direitos federativos do volante, enquanto o Tricolor adquiriu o restante do Palmeiras liberando o atacante Adriano Michael Jackson também por empréstimo de um ano, além do pagamento de uma quantia não revelada em dinheiro.

Como o elenco tricolor folga nesta segunda, a expectativa da diretoria é apresentar Edinho na próxima terça-feira, nas Laranjeiras. O mesmo vale para Araújo, que assinou por dois anos na última quinta-feira, se integrou ao elenco em Mangaratiba, mas ainda não treinou com o grupo por depender da liberação por escrito do Al-Gharafa, do Qatar.

O Fluminense ainda busca um atacante no mercado para a vaga de Washington, que anunciou a aposentadoria na última semana.

Flu doa água para vítimas das chuvas no Rio

O Fluminense entrou na onda de solidariedade para ajudar as vítimas das enchentes que estão castigando os moradores da Região Serrana do Rio de Janeiro. Ao término da pré-temporada, neste domingo, o Tricolor doou todos os copos d´água que sobraram para os desabrigados. A coleta foi feita pela defesa civil de Mangaratiba. Ao todo, foram 70 caixas com 48 copos cada, o equivalente a 672 litros de água.

Por: Cahê Mota

veja também