MENU

Fluminense recebe a taça em festa marcada por provocação corintiana

Fluminense recebe a taça em festa marcada por provocação corintiana

Atualizado: Terça-feira, 7 Dezembro de 2010 as 9:20

Um dia depois de comemorar o título brasileiro depois de 26 anos, os jogadores do Fluminense puderam concretizar o sonho de erguer a taça de campeão nacional de 2010. Entregue pelas mãos de um torcedor ilustre do Corinthians, clube que disputou o troféu com o Tricolor carioca até a última rodada. Fred e Conca, ladeados por seus companheiros, receberam o troféu do presidente Luis Inácio Lula da Silva no encerramento do Prêmio Craque do Brasileirão, realizado na noite desta segunda-feira, no Theatro Municipal,, no Centro do Rio de Janeiro.

E a luta entre os dois clubes esteve no centro do momento mais polêmico, que teve o presidente do Corinthians como protagonista. Chamado ao palco como parte da homenagem ao centenário do clube, Andrés Sanches provocou indiretamente o Fluminense.

- Quero parabenizar Fluminense, Coritiba e ABC, que foram campeões. Eu sei o que é cair para a Segunda Divisão, porque eu caí com meu time. Mas tenho orgulho de ter voltado à Primeira Divisão pela porta da frente - disse, fazendo uma menção, sem citar o nome do Tricolor carioca, ao fato do Flu não ter disputado a Série B, passando diretamente da Terceira Divisão para a Primeira em 2000 com a criação da Copa João Havelange.

Na primeira fila, o presidente do Flu, Roberto Horcades, balançou a cabeça em sinal de desaprovação. E os torcedores do clube carioca presentes ao Theatro Municipal vaiaram intensamente o dirigente corintiano, que alegou não estar se referindo ao adversário antes de decidir encerrar o seu curto discurso diante dos protestos. E teve que ouvir um coro ironizando o fato do time paulista não ter conquistado títulos relevantes em seu centenário.

- É 'centernada'. É 'centernada' - gritaram os tricolores.

Destaque do Fluminense na competição, o argentino Conca foi o grande vencedor da noite. Além de ser escolhido o melhor meia pela esquerda, o camisa 11 do Fluminense ganhou o prêmio de principal jogador da competição e foi eleito pelos internautas o craque da galera.

Apesar de ficado sem a taça, o Corinthians foi o clube com maior número de representantes na seleção do Brasileirão 2010, com três nomes: Roberto Carlos, Elias e Jucilei. O campeão Fluminense e o vice Cruzeiro foram as outras equipes com mais um de eleito: Mariano e Conca pelo Flu, e Fábio e Montillo pelo time mineiro. Grêmio (Jonas), São Paulo (Miranda), Santos (Neymar) e Vasco (Dedé) também contaram com nomes entre os premiados. A revelação da competição foi do Timão - Bruno César. E o Flu teve o melhor técnico do Nacional: Muricy Ramalho, vencedor do prêmio em cinco das seis edições.

Ronaldo foi um dos homenageados da noite. Muito emocionado com a apresentação de imagens de sua carreira, o atacante destacou o orgulho de ter defendido a seleção brasileira por 12 anos (de 1994 a 2006) e disse que espera servir de exemplo para as crianças do Brasil.

Campeões da Série B e C, respectivamente, Coritiba e ABC também receberam seus troféus no palco do Theatro Municipal. O Bahia, que retorna à elite do futebol nacional em 2011, foi lembrado pelo apoio de seus torcedores, que receberam o título de "torcida de ouro 2010".

Os campeões mundiais em 70 também foram homenageados, recebendo medalhas, entregues pelo presidente de honra da Fifa, João Havelange. E o ministro da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, anunciou a criação de um fundo de pensão voltado para os ex-jogadores.

Premiados:

Goleiro: 1) Fábio (Cruzeiro); 2) Victor (Grêmio); 3) Jefferson (Botafogo)

Lateral-direito: 1) Mariano (Fluminense); 2) Léo Moura (Flamengo); 3) Jonathan (Cruzeiro)

Zagueiro pela direita: 1) Dedé (Vasco); 2) Alex Silva (São Paulo); 3) Chicão (Corinthians)

Zagueiro pela esquerda: 1) Miranda (São Paulo); 2) Réver (Atlético-MG); 3) Leandro Euzébio (Fluminense)

Lateral-esquerdo: 1) Roberto Carlos (Corinthians); 2) Kleber (Inter); 3) Diego Renan (Cruzeiro)

Volante pela direita: 1) Jucilei (Corinthians); 2) Fabrício (Cruzeiro); 3) Willians (Flamengo)

Volante pela esquerda: 1) Elias (Corinthians); 2) Arouca (Santos); 3) Marcos Assunção (Palmeiras)

Meia pela direita: 1) Montillo (Cruzeiro); 2) D'Alessandro (Inter); 3) Paulo Baier (Atlético-PR)

Meia pela esquerda: 1) Conca (Fluminense); 2) Bruno César (Corinthians); 3) Douglas (Grêmio)

Atacante 1: 1) Jonas (Grêmio); 2) Thiago Ribeiro (Cruzeiro); 3) Eder Luis (Vasco)

Atacante 2: 1) Neymar (Santos); 2) Kleber (Palmeiras); 3) Loco Abreu (Botafogo)

Treinador: 1) Muricy Ramalho (Fluminense); 2) Cuca (Cruzeiro); 3) Renato (Grêmio)

Craque do campeonato: Conca (Fluminense)

Revelação: Bruno César (Corinthians)

Craque da galera: Conca (Fluminense)

Árbitro: 1) Sandro Meira Ricci; 2) Carlos Eugênio Simon; 3) Paulo César de Oliveira

veja também