MENU

Fluminense vence e garante vaga antecipada para as oitavas

Fluminense vence e garante vaga antecipada para as oitavas

Atualizado: Quinta-feira, 18 Março de 2010 as 12

O objetivo foi cumprido: o Fluminense conseguiu eliminar a partida de volta pela segunda fase da Copa do Brasil, vencendo o Uberaba por 2 a 0 em Minas Gerais. A noite no Uberabão nesta quarta-feira foi especial para Alan, que briga por uma vaga entre os titulares e marcou os dois gols da classificação para as oitavas de final, um deles numa pintura. Mas foi de preocupação para o companheiro Fred, que deixou o campo ainda no primeiro tempo com suspeita de estiramento na coxa.

A lesão não é no mesmo local que a sofrida no ano passado, que deixou o atacante em recuperação por três meses. A gravidade ainda será verificada em ressonância magnética, mas o próprio jogador deixou pessimista o campo.

Há quatro anos o Fluminense não conseguia eliminar a partida de volta na Copa do Brasil. Único visitante a conseguir essa vantagem nesta quarta-feira, o time espera o vencedor do confronto entre Ponte Preta e Portuguesa. A primeira partida terminou em empate por 1 a 1 em Campinas. Pelo Campeonato Carioca, o adversário será o Resende, às 17h de domingo, em Volta Redonda.

Pressão mineira no início

O início da partida foi sofrido para o Fluminense, sobretudo por causa de falhas de marcação pelo seu lado direito. Foi por ali que o Uberaba pressionou nos primeiros minutos, conseguindo jogadas que, se não davam em cruzamentos da linha de fundo, terminavam em chutes perigosos da entrada da área. Assim, Rafael foi obrigado a fazer duas boas defesas em 11 minutos, em conclusões de longe de Rafael Ipuã e Gustavo.

Até a metade da primeira etapa, enquanto Mariano sofreu na marcação, o Fluminense apostou em jogadas pelo meio, buscando a tabela. Antes de marcar o seu gol, Alan teve uma ótima oportunidade. Recuou para receber passe de Everton e trocou passes com Conca. A conclusão, no entanto, saiu ruim.

Assista aos gols da partida:

O Fluminense ainda levaria dois sustos antes de se arrumar em campo. Primeiro, aos 22 minutos, Thiago Marín bateu falta com categoria e acertou o travessão. Logo depois, Zé Maria recebeu passe - desta vez pelo lado esquerdo da defesa - e concluiu por cima do gol. A partir daí, o time de Cuca passou a atacar não só pelo meio, mas também pela direita, com Mariano, enquanto do outro lado Júlio César mal aparecia.

No entanto, foi da insistência nas jogadas pelo meio que saiu o gol, aos 29 minutos. Numa das raras vezes em que conseguiu se livrar da forte marcação, Fred recuou para a intermediária e deu passe para Alan, na entrada da área. Ele girou diante do zagueiro, conseguiu se manter de pé apesar de sofrer falta e bateu no canto: 1 a 0, com coreografia ensaiada com Leandro Euzébio.

A vantagem no placar fez com que Fluminense atuasse com mais paciência, trocando passes e esperando o melhor momento para atacar. O segundo gol esteve próximo, aos 36 minutos, quando Mariano recebeu ótimo lançamento de Dalton e chutou forte, para defesa de Fernando. O primeiro tempo terminaria sem complicações, não fosse a lesão de Fred. Ele tentou se livrar da marcação na tentativa de chutar, foi ao chão e levou a mão à coxa,  precisando ser substituído por André Lima.   

Alan faz 2 a 0 com um golaço

Se o primeiro gol originou-se de jogada pelo meio, o segundo foi marcado após lance pela direita. E num belo lance. Mariano deixou seu marcador no chão após dar um corte e cruzou de trivela para Alan pegar de primeira, com estilo. Com quatro minutos no segundo tempo, o Fluminense já conseguia a vantagem que elimina a partida de volta.

Sem outra opção, o Uberaba se lançou ao ataque. Mais segura do que nos 45 minutos iniciais, a defesa tricolor evitou que Rafael passasse por sustos, às vezes conseguindo até travar os chutes. Na parte ofensiva, o Fluminense preferiu manter ao máximo a posse de bola em vez de usar a velocidade e explorar contra-ataques.

Com isso, a partida esfriou bastante e teve poucas chances de perigo, dos dois lados. Cuca substituiu Alan por Wellington Silva, na tentativa de conseguir alguma chance em jogada individual, e Julio Cesar por Marquinho, para reforçar a marcação pela esquerda. Aos 32 minutos, André Lima teve a oportunidade de fazer 3 a 0, mas, pressionado por dois zagueiros, chutou sem força.

O Fluminense seguiu na sua tática - que nem se mostrou tão arriscada assim - de manter os 2 a 0, placar justo para conseguir a classificação antecipada. E a torcida do Fluminense, que ocupou cerca de um terço da arquibancada do Uberabão, gritou "eliminado" para os donos da casa.

Por: Cahê Mota

veja também