MENU

Fora das pistas, Antonio Pizzonia se prepara para o IronMan

Fora das pistas, Antonio Pizzonia se prepara para o IronMan

Atualizado: Quinta-feira, 15 Julho de 2010 as 3:37

Todo piloto precisa de um bom preparo físico para suportar as jornadas dentro dos carros. Altas temperaturas, desgate de músculos e fadiga mental e coporal são algumas das situações que eles enfrentam nas pistas. Mas existem aqueles que cuidam do corpo com outras expectativas. Antonio Pizzonia é um deles: ele vem se preparando para competir no IronMan do México. E para isso, conta com a ajuda de Sérgio Alcântara, seu preparador.

- Tenho certeza que ele vai fazer um ótimo IronMan, porque ele é muito dedicado - declarou o preparador.

O amazonense viajou aos Estados Unidos para fazer novas avaliações e treinamentos na companhia do ‘carrasco’, que mora em Miami. No início de 2010, Pizzonia já participou da Maratona de Miami e o Triathlon Internacional de Santos.

- Quando estou no Brasil, treino com um GPS no pulso e o Sérgio acompanha tudo on line: distâncias, batimentos cardíacos, tempo, velocidade, etc. A cada duas semanas recebo um novo treino, mas é bom estar aqui nos Estados Unidos para essa nova avaliação – disse.

Mesmo distante do preparador físico, o piloto da Hot Car Competições conta com uma ajuda extra na hora dos treinos em Manaus: ele tem a companhia de atletas profissionais do triatlon.

- Como muitos desses atletas trabalham em horário normal, os treinos acontecem muito cedo. Muitas vezes, às 5 da manh㠖 explicou.

O piloto já competiu em outras provas de triatlon, no Brasil e no exterior (Foto: Fabio Oliveira)Alcântara também treina outros pilotos, como Tony Kanaan, e afirma estar surpreso com os resultados obtidos pelo esportista amazonense. A parceria entre os dois começou em outubro do ano passado e já vem rendendo frutos.

- Mesmo à distância, eu consigo ver que ele tem realizado treinamentos de qualidade no Brasil. Mas aqui estamos avaliando as condições dele para as próximas competições. Quando ele fez o triatlo de Santos, ele superou as nossas expectativas e fez até mais rápido do que imaginávamos – lembrou.

O IronMan do México acontece apenas no final de novembro, mas a dedicação é bastante necessária para o sucesso no projeto. Afinal são 3,8 quilômetros de natação, 180 quilômetros de ciclismo e 42 quilômetros de corrida. Para chegar bem na competição, Pizzonia pretende correr dois meio-IronMan: em Santa Catarina e em Miami.

Na pistas, o próximo desafio de Antonio Pizzonia será apenas no dia 15 de agosto, no GP da Bahia, em Salvador. Até lá, o piloto amazonense pode se dedicar ao seu outro hobby esportivo.

veja também