MENU

Franca vence Pinheiros e se garante nas semifinais

Franca vence Pinheiros e se garante nas semifinais

Atualizado: Segunda-feira, 26 Abril de 2010 as 12

O Vivo/Franca fechou, neste domingo, a série de quartas de final do NBB, 3 a 0, ao vencer o terceiro jogo diante do Pinheiros/SKY, por 73 a 71. Com o resultado, o time do interior de São Paulo espera pelo seu próximo adversário para as semifinais da competição. O NBB é um campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a Rede Globo e patrocínio da Eletrobras, Caixa e Spalding.

O ala Márcio foi o principal pontuador do Franca com 21 pontos. Além dele, o armador Helinho e o jovem ala Cauê Borges contribuíram com 14 pontos cada um. O cestinha do jogo, no entanto, foi o ala do Pinheiros, Shamell, que marcou 24 pontos. O pivô Olivinha também se destacou com um duplo-duplo de 19 pontos e 12 rebotes.

Assim como nos outros dois jogos da série, o Franca tentou imprimir seu ritmo logo no início da partida. Porém, dessa vez, o Pinheiros também teve um bom começo e o confronto ficou equilibrado no primeiro quarto. Nenhuma das equipes acertou a mão nos minutos iniciais. Foram nove tentativas de 3 pontos para cada lado e apenas três convertidas pelos francanos e duas pelo time da capital paulista.

O Franca melhorou no segundo quarto e tomou conta da partida. Apoiado pela torcida, o time da casa chegou a abrir 11 pontos de diferença no placar (43 a 32). “Acho que a determinação, o equilíbrio emocional e a consciência de que a série seria equilibrada até o fim nos dá uma satisfação muito grande de que fizemos um excelente trabalho”, afirmou o técnico Hélio Rubens.

Sem poder pensar na derrota, o Pinheiros voltou do intervalo determinado para buscar a vitória. Aos poucos, o time do técnico Cláudio Mortari foi recuperando a vantagem liderados pelo ala Shamell e o ala/pivô Olivinha, que combinaram 14 dos 19 pontos da equipe, no terceiro quarto. O Franca se manteve à frente no marcador (69 a 61), mas o adversário estava animado e passou a acreditar na reação.

O último quarto foi emocionante. Com menos de três minutos para o fim do jogo, o Pinheiros diminuiu a vantagem para um ponto (68 a 69). Logo em seguida, o armador norte-americano Brewer ampliou a vantagem para o time paulista para três pontos (71 a 68). No ataque do adversário, o ala Márcio empatou o jogo, com 45 segundos no placar. Após o erro do Pinheiros, o ala do Franca acertou outro arremesso, da zona morta, passando a frente no marcador (73 a 71). O Pinheiros ainda teve chance de se recuperar, com 11 segundos, mas Brewer errou o arremesso final. “Acho que basquete é isso aí. Tínhamos um planejamento para que alguns jogadores definissem essa última bola, como o Shamell e o Olivinha, mas o Brewer achou que poderia resolver. Infelizmente, ele errou os últimos arremessos e nós perdemos esse jogo”, afirmou o técnico do Pinheiros, Cláudio Mortari.

Por Assessorias de Imprensa

veja também