MENU

Fred e um só pensamento: fazer de 2011 o seu grande ano no Tricolor

Fred e um só pensamento: fazer de 2011 o seu grande ano no Tricolor

Atualizado: Quarta-feira, 30 Março de 2011 as 10:20

Fred começou 2011 voando. Logo depois da pré-temporada, o então técnico Muricy Ramalho avisou que esse seria o ano do atacante. E o camisa 9 não demorou a dar razão ao ex-comandante. Nos oito primeiros jogos, nove gols. Marca que até hoje lhe garante a artilharia isolada do Campeonato Estadual. O desempenho arrasador no início da temporada, no entanto, esbarrou em mais uma lesão na panturrilha esquerda. Atrapalhou, mas não freou o ímpeto do jogador. O desejo é fazer de 2011 o seu grande ano com a camisa do Fluminense. E o sonho é um só: voltar o quanto antes para a Seleção Brasileira.

Apesar de uma grave lesão na coxa direita, Fred brilhou em 2009. Mas o Fluminense sofreu até o fim para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. No ano seguinte, a história se inverteu. Tricolor tricampeão brasileiro; camisa 9, novamente sofrendo com as lesões, apagado e com apenas 14 jogos e cinco gols na conquista. Na temporada que ainda está no início, o desejo de todos nas Laranjeiras é ter clube e jogador na mesma sintonia.

 - Nada tira da minha cabeça que 2011 será o meu ano. Todo jogador se prepara para fazer uma grande temporada e comigo não é diferente. Estou trabalhando para não me machucar mais e ter uma sequência de jogos. Conseguindo isso, os gols sairão naturalmente e o resto será consequência - garantiu.     A consequência mais esperada tem nome e sobrenome: Seleção Brasileira. Com o desempenho no início da temporada, Fred era dado como certo nas próximas convocações do técnico Mano Menezes, que já tinha, inclusive, pedido informações a Muricy Ramalho. Mas veio a nova lesão. E não foi a primeira vez que isso aconteceu. Ao falar do assunto, o artilheiro abaixa a cabeça e demonstra tristeza. Mas garante que está e sempre estará focado em vestir novamente a camisa do Brasil.

- É meu foco, meu objetivo, e sei que vou alcançá-lo. Se eu jogar e fizer gols, terei uma nova oportunidade. As lesões já me atrapalharam mais de uma vez, mas não posso me abater. Tenho sempre que levantar e começar de novo - ensina.

Como um guerreiro, Fred não desiste. A próxima oportunidade de brilhar será no sábado, contra o Volta Redonda, às 16h, no Estádio Raulino de Oliveira, pela Taça Rio. Depois de passar em branco nos últimos três jogos, ele já ostenta seu maior jejum de gols na temporada. Mas ainda assim não tira da cabeça que 2011 será o seu ano. E, para alcançar mais esse objetivo, é preciso voltar a voar em campo o quanto antes.      

veja também