MENU

Fred unifica títulos por várias categorias no Inter

Fred unifica títulos por várias categorias no Inter

Atualizado: Terça-feira, 28 Dezembro de 2010 as 8:19

Apesar da estrutura física típica dos meias ágeis e velozes do futebol brasileiro, Fred pode ser comparado a um boxeador. Em época de 'unificação de títulos' também no futebol, o jogador se destacou pelo Inter em 2010 conquistando seis troféus, por diversas categorias. Termina a temporada coberto de faixas e medalhas, os cinturões do guerreiro do meio-campo das categorias de base coloradas.

Com 17 anos, Fred chegou ao título da Copa Santiago de Futebol Juvenil no início do ano. Logo depois ergueu a taça da Punta Cup Sub-18. Esteve no grupo campeão do Brasileirão Sub-23. Venceu a Copa FGF Sub-19. Participou, com o time B, da vitoriosa campanha na Copa Ênio Costamilan. E fechou a primeira temporada no Inter dando volta olímpica também no Gauchão Juvenil.

Parece complexo ver um garoto transitando de lá para cá, jogando com juvenis em um momento, depois atuando ao lado de profissionais do time B. Mas Fred se adaptou, e atribui a facilidade nesta migração de categoria a categoria ao sistema tático padronizado. Todos os patamares da base colorada atuam no mesmo 4-2-3-1 adotado por Celso Roth no time principal.

- Era um medo que eu tinha, mas que, aqui no Internacional, isso não ocorreu. As equipes jogam no sistema 4-2-3-1, até mesmo o time principal do Inter. Esta linha de planejamento facilita e muito estas passagens do juvenil para o júnior e do júnior para o Inter B, e vice-versa. O jogador se acostuma com isso e pode apresentar seu futebol sem problemas físicos ou técnicos - disse, à assessoria de imprensa do clube.

Natural de Belo Horizonte, ele chegou ao Rio Grande do Sul pelo Porto Alegre, clube de Assis - irmão de Ronaldinho Gaúcho. Com 16 anos, já atuava nos profissionais. Em 2010 transferiu-se ao Inter, onde reencontrou Enderson Moreira, técnico do Inter B, que fora seu comandante no futsal mineiro há sete anos.

Canhoto, no 4-2-3-1 ele prefere atuar centralizado, na mesma função que Tinga desempenha no time titular de Roth:

- Neste sistema, sempre fui o homem centralizado, no estilo que o Tinga joga hoje com o Celso Roth.

Ex-lateral, agora meia, ele começa 2011 cheio de sonhos. Entre eles, integrar o time B que representará o Inter no Gauchão, e chegar à Seleção Brasileira sub-18.

- Eu quero estar presente no grupo que disputará o Gauchão 2011. Acho que tem que pensar grande. Foi assim que consegui chegar aonde cheguei. Tem ainda a possibilidade de disputar uma Taça São Paulo de Futebol Júnior. Ano que vem, também sonho com a Seleção Brasileira Sub-18. Seria minha primeira vez; algo incrível.

FRED

Nome: Frederico Rodrigues Santos

Nascimento: 05/03/1993, Belo Horizonte-MG

Altura: 1,69m

Chegada ao Inter: 2010

Por Eduardo Cecconi

veja também