MENU

Frustrado por Schumi, Heidfeld ainda confia em vaga na F-1

Frustrado por Schumi, Heidfeld ainda confia em vaga na F-1

Atualizado: Terça-feira, 5 Janeiro de 2010 as 12

Não fosse pelo inesperado retorno de Michael Schumacher às pistas, Nick Heidfeld seria hoje um postulante ao título da Fórmula 1. Plano 'B' da Mercedes GP se o heptacampeão mundial recusasse encerrar a aposentadoria, o alemão de 32 anos garante ainda estar confiante em competir na categoria pela 11ª temporada seguida.

Conforme ratificou através de seu site oficial nesta terça-feira, Heidfeld tinha conversas avançadas com a Mercedes para formar uma parceria germânica com Nico Rosberg, porém tudo dependia de Schumacher. ''Essa decisão me afeta diretamente porque há pouco espaço relevante para o ano que vem'', reconheceu ele, que por outro lado não guarda mágoas do compatriota. ''É certamente ótimo para a Fórmula 1 e desejo boa sorte a Michael''.

Mesmo após ter fechadas as portas da equipe prateada, o experiente piloto segue otimista em se manter na categoria da qual foi o quinto colocado em 2007, pela BMW-Sauber. ''Minha atual situação de emprego não acabou. Não sou ingênuo em dizer que, especialmente depois das últimas semanas, muitas coisas inesperadas podem acontecer''.

Assim, Heidfeld continuará ''treinando duro e conduzindo conversas com as pessoas apropriadas''. Já se sabe que tais pessoas não são da Sauber, que descartou sua contratação ainda que ele viesse trabalhado na fábrica de Hinwill desde 2006. Fora as novatas Campos e USF1, apenas a Renault e Toro Rosso ainda têm um cockpit restando visando ao ano que vem.

veja também