MENU

Furacão já não conta com Rhodolfo e Chico no planejamento para 2011

Furacão já não conta com Rhodolfo e Chico no planejamento para 2011

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 7:27

Mais uma vez o Atlético-PR nega oficialmente a venda dos direitos federativos do zagueiro Rhodolfo e do volante Chico, que interessa ao Palmeiras. Na teoria, tudo segue como antes. Na prática, entretanto, os dois já não fazem mais parte dos planos da diretoria de futebol do Rubro-Negro paranaense para a temporada 2011. E quem confirma isso é o próprio Valmor Zimermann, homem forte do futebol do Furacão.

Ao garantir que tem “uma porção de negócios apalavrados”, o dirigente explicou que o clube pretende trazer cinco reforços: dois zagueiros, dois volantes e um atacante. Ao comentar a vinda de zagueiros especificamente, Zimermann deixou escapar:

- Com a saída do Rhodolfo, ficaremos apenas como o Manoel, o Bruno Costa e o Rafael Santos.

A saída de Rhodolfo deve mesmo se confirmar nos próximos dias e irá representar um conforto financeiro para o clube garantir a chegada dos reforços para 2011. Tanto a venda do zagueiro, quanto a de Chico (ambas formatadas no tradicional esquema de venda do Furacão, quando o clube mantém uma pequena porcentagem dos jogadores para futuras transações) estão condicionadas ao retorno do presidente Marcos Malucelli ao Brasil.

Convidado para assistir ao jogo entre Chelsea e Manchester United neste fim de semana, o presidente atleticano não só perdeu a viagem (o jogo foi adiado por causa do frio que castiga a Europa nos últimos dias), como também tem encontrado dificuldades para voltar ao Brasil. Alguns aeroportos estão interditados.

- É ele quem está cuidando das vendas. Eu estou mais centralizado nas compras - disse Zimermann.

Sobre os demais reforços, o dirigente confirmou que Alê, volante do Atlético-MG, está em conversas adiantadas com o Furacão. Além dele, Gabriel, do Avaí, e Mazzola, do Guarani, estão entre aqueles cinco jogadores já citados.

- Estamos esperando a retomada dos registros da CBF para confirmar os acertos. Mas está tudo muito bem encaminhado - concluiu.

veja também