MENU

Fúria arranca empate com o México

Fúria arranca empate com o México

Atualizado: Quarta-feira, 11 Agosto de 2010 as 7:29

A Espanha entrou em campo nesta quarta-feira pela primeira vez como campeã do mundo, mas só conseguiu evitar a derrota nos acréscimos: com um gol de David Silva aos 46 do segundo tempo, a Fúria empaotu em 1 a 1 com o México em amistoso no estádio Azteca, um mês após a conquista na África do Sul.

Antes do jogo, o capitão Casillas exibiu a taça Fifa no gramado que foi palco da final da Copa do Mundo em 1970 e 1986, quando Brasil e Argentina foram campeões. A partida marcou também a estreia da estrela amarela em cima do escudo na camisa espanhola.

Del Bosque escalou apenas três titulares do time-base do Mundial: Casillas, Busquets e Puyol. Xavi, Sergio Ramos, Pedro, Piqué  e Xabi Alonso entraram durante o segundo tempo. Após a saída do técnico Javier Aguirre, o México foi comandado pelo interino Enrique Meza, que manteve a base do Mundial. Contratado recentemente pelo Manchester United, Javier Hernandez "Chicarito" comprovou a boa fase marcando o gol da "Tricolor" ainda na etapa inicial.

Casillas exibe a taça da Copa conquistada pela

Espanha neste ano (Foto: Reuters)   Aos 11 minutos, a defesa da Fúria se enrolou no meio-campo e a bola foi lançada para o ataque mexicano. Giovani dos Santos, em impedimento, saiu da jogada e o atacante do Manchester United arrancou, entrou cara a cara com Casillas e tocou na saída do goleiro: 1 a 0.

A melhor chance da Espanha para empatar aconteceu aos 30: Cazorla arriscou de longe e Ochoa tocou com a ponta dos dedos na bola, que bateu no travessão. Dois minutos depois, foi a vez de Rafa Márquez chutar de fora da área e obrigar Casillas a colocar para escanteio.

Na etapa final, os dois treinadores fizeram várias substituições e o ritmo do jogo diminuiu, com poucas chances de gol. Aos 43, Pedro teve boa oportunidade de empatar: dominou na área após cruzamento de Arbeloa, mas chutou rente à trave direita. O gol salvador da Fúria saiu três minutos depois:a defesa mexicana saiu jogando errado, Xavi lançou e David Silva tocou sem chances para o goleiro Corona, que havia substituído Ochoa.

Rafa Márquez abraça Chicarito após o gol do México no estádio Azteca (Foto: reuters)

Por GLOBOESPORTE.COM Cidade do México, México

veja também