MENU

Gabriel não quer o Grêmio indo para os pênaltis contra o Caxias

Gabriel não quer o Grêmio indo para os pênaltis contra o Caxias

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 4:21

O Grêmio vai disputar a final da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho, na próxima Quarta-Feira de Cinzas, contra o Caxias, às 21h50m (de Brasília), no Olímpico. Um jogo relativamente tranquilo para o Imortal tricolor, ainda mais jogando em casa, por ter feito melhor campanha que o adversário na fase de grupos. No entanto, do outro lado está o goleiro André Sangalli, que pegou quatro pênaltis na semifinal contra o São José, neste domingo, fato que está tirando o sono de muito jogador gremista, entre eles Gabriel.

- Não podemos dar brecha de levar este jogo para os pênaltis. Sangalli mostrou que está muito bem e a gente tem que, se possível, matar o jogo no tempo normal – disse o lateral, convidado do programa ‘Arena SporTV’.

Nesta quinta-feira, em casa, o Tricolor recebe o León de Huánuco, pela Taça Libertadores da América, precisando vencer para se recuperar da derrota diante do Junior de Barranquilla, na Colômbia, na última semana.

- Não tem como negociar (resultado), em casa, com nossa torcida Vamos com força máxima para conseguir esta vitória.

Com a experiência de quem já jogou no futebol paulista, carioca e até no exterior, Gabriel não tem dúvida ao afirmar que atuar no futebol gaúcho é diferente.

- Aqui no Sul, no Inter e no Grêmio há esse espírito guerreiro. Quem vem para cá acaba entrando no clima porque é contagiante. A torcida do Grêmio é contagiante, e quando a gente entra em campo dá o máximo.    

veja também