MENU

Giba, que ainda não atendeu as ligações de Ricardinho, sugere condição

Giba, que ainda não atendeu as ligações de Ricardinho, sugere condição

Atualizado: Quinta-feira, 25 Março de 2010 as 12

Ricardinho ligou para Giba durante dois dias, antes de a pré-lista para a Liga Mundial ser divulgada. Concentrado nos jogos da Superliga, o jogador do Pinheiros e capitão da seleção brasileira não pôde atender os telefonemas. Desde então, tem pensado sobre o retorno do levantador à equipe nacional três anos depois de ter sido cortado por problemas de relacionamento. Para Giba, Ricardinho tem que mostrar que realmente está disposto a voltar.

- Ele tentou me ligar algumas vezes na sexta e no sábado, mas estávamos vivendo dias corridos por conta da Superliga. Jogamos na quinta e no sábado e não podia responder. Depois disso, não ocorreu mais nenhum tipo de contato. Ele passou muito tempo isolado e preciso refletir e pensar também antes de responder as suas ligações. É um direito que tenho, não é? - disse Giba, em comunicado. 

Giba elogiou o talento de Ricardinho, mas deixou claro que somente a qualidade técnica não será suficiente para garantir ao levantador a permanência na equipe.

- Não tenho dúvidas sobre a capacidade técnica do Ricardinho e o que ele vai somar na seleção brasileira. Mas precisamos ver a vontade dele de se ajustar ao grupo. Ele precisa demonstrar o real interesse de voltar. Após três anos se isolando, se ele não demonstrar isso, fica difícil convencer - comentou Giba. 

O nome de Ricardinho é um dos 22 que estão na pré-lista para a Liga Mundial. Até o dia 30 de abril, Bernardinho terá de cortar três jogadores.

- Sou um dos mais experientes, estou no grupo desde o começo e passei por tudo o que aconteceu. Por isso, ao lado do Rodrigão, do Murilo e do Serginho, conversamos com o Bernardinho antes da pré-convocação. Mas sou um jogador como o Ricardinho ou qualquer outro. A gente não tem poder de decisão. Quem decide é o Bernardo.

veja também