MENU

Gilberto faz dois, e Santa bate o Sport

Gilberto faz dois, e Santa bate o Sport

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 8:54

O Clássico das Multidões deste domingo, na Ilha do Retiro, foi do Santa Cruz. E as estrelas foram o goleiro tricolor, Tiago Cardoso, com defesas sensacionais, e Gilberto, autor dos dois gols da vitória por 2 a 0. Com o resultado, o Sport fica em quarto lugar na tabela, com 34 pontos, apenas um à frente do Central, quinto colocado. O Santa Cruz permanece na liderança, com 44, seguido do Náutico, com a mesma pontuação e uma vitória a menos. O Porto vem em terceiro, com 38 pontos. O Sport pega o Porto, no próximo sábado. Já o Santa Cruz encara o Vitória, no domingo.

O jogo começou com faltas, impedimentos e passes errados, demonstrando o nervosismo de ambas as equipes. Os ânimos estavam acirrados e, aos 10 minutos, veio a primeira confusão com vulto. Jeovânio entrou com uma jogada violenta, derrubando Ciro, que estava sem a bola. O árbitro deu cartão amarelo e, diante da confusão, o zagueiro tricolor discutiu com o treinador adversário, Hélio dos Anjos.

O jogo seguiu com muita marcação e, aos 15 minutos, os goleiros ainda não tinham tido nenhum trabalho. Aos 20 minutos, os goleiros começam a pegar na bola, sem grandes perigos e com jogadas de bola parada. Aos 21, Hamilton fez boa arrancada e passou a bola para Marcelinho Paraíba. Mas o cruzamento saiu forte demais e a bola caiu de presente nos pés de jogador do Santa Cruz.

Aos 25, após passe de Landu, Natan ajeitou e bateu cruzado e rasteiro, no lance mais perigoso no primeiro tempo para o goleiro Magrão, que faz boa defesa e conseguiu desviar para escanteio.

Sport ganhou volume de jogo e começou a dar trabalho para o goleiro do Santa Cruz. Aos 27, Tiago Cardoso faz uma grande defesa de um chute rasteiro de Marcelinho Paraíba, em jogada individual. Nem deu tempo do goleiro tricolor respirar e uma nova bela defesa livrou o gol, que viria após cruzamento de Ciro e cabeceada de Igor.

Em seguida, Marcelinho Paraíba mandou de pé esquerdo, a bola desviou em Tadeu e Tiago Cardoso faz nova defesa sensacional, no cantinho.

Aos 37 minutos, Ciro, que havia ficado mancando e sentindo o pé direito, machucado em lance com Everton Sena, foi substituído por Fabrício.

Aos 39, Marcelinho Paraíba dominou e entrou na área sozinho; Tiago Cardozo saiu precisamente do gol e pegou a bola nos pés do jogador, se firmando como a estrela isolada do primeiro tempo.

Aos 41, Gilberto driblou Alex Bruno e bateu para o gol, mas Magrão defendeu com categoria. Em seguida, Thiago Mathias tentou de longe, mas a bola passou por cima do gol do Sport. Aos 43, em jogada com Marcelinho Paraíba, Vítor fez cruzamento e Tiago Cardoso interrompeu com precisão.

Aos 45, Wellington Saci recebeu cartão amarelo, depois de bater nas costas de Natan fora da jogada. O árbitro deu dois minutos de acréscimo. Daniel Paulista derrubou Gilberto em jogada violenta e o juiz marcou falta. Gilberto cobrou e mandou a bola direto, mas por cima do gol.

O segundo tempo começou igual para a equipe do Sport, mas o Santa voltou com Mário Lúcio no lugar de Jeovânio. Logo no início da partida, Germano deu um carrinho e Gilberto saiu de campo para ser atendido, mas voltou em seguida.

Aos 8 minutos, em cobrança de falta, Welsey mandou uma bomba direto, mas a bola saiu por cima do gol de Magrão. Aos 13, Thiago Mathias marcou falta em Tadeu e levou cartão amarelo. Aos 14, Marcelinho Paraíba mandou um chute rasteiro no canto esquerdo do gol, mas Tiago Cardoso chegou a tempo, fazendo de novo uma bela defesa.

Natan foi derrubado por Saci e o árbitro marcou a falta. Wesley cobrou, mandou por cima e Leandro Souza cabeceou para fora. Aos 22, Gilberto disputou bola com Alex Bruno em mano a mano. De frente para o gol, o tricolor mandou a bomba, para bela defesa de Magrão, que espalmou.

Aos 24 minutos, Igor fez uma bela jogada para Fabrício que, ao invés de devolver, preferiu mandar direto e perdeu a chance clara de gol, já que Tiago Cardoso tinha saído. Aos 27, Tadeu deixou o campo para a entrada de Pablo Pereira, do lado do Sport. Em seguida, do lado do Santa, Marcos Vinicius substituiu Natan.

Aos 32 minutos, o Santa Cruz entrou da área do Sport e, depois de toque de bola, Gilberto dominou na marca do pênalti, girou e mandou no canto esquerdo, abrindo o placar: 1 a 0. Aos 34, Bruno Mineiro entrou no lugar de Germano. Do lado tricolor, saiu Landu e entrou André Oliveira.

Aos 38, após cruzamento da direita de Wesley, Gilberto colocou para o fundo das redes de cabeça, definindo o placar: Sport 0 a 2 Santa Cruz. No finalzinho da partida, Pablo Pereira recebeu cartão amarelo, depois de entrada violenta nas pernas de Wesley.

Outros jogos da rodada:

Sport 0 x 2 Santa Cruz

Porto 4 x 0 Cabense

Petrolina 0 x 1 Salgueiro

Araripina 2 x 0 Vitória-PE

América-PE 1 x 1 Ypiranga-PE

Náutico 4 x 3 Central    

veja também