MENU

Gilson percebe diferença quando o Grêmio não conta com Lúcio

Gilson percebe diferença quando o Grêmio não conta com Lúcio

Atualizado: Terça-feira, 1 Março de 2011 as 2:58

Com uma tendinite no joelho direito, Lúcio desfalcou o Grêmio nas duas últimas partidas - derrota para o Junior Barranquilla-COL na quinta-feira, pela Taça Libertadores; e vitória sobre o Cruzeiro-Poa domingo, no Gauchão.

Lateral improvisado no meio-campo titular, o jogador foi liberado para retornar aos treinos depois que uma ressonância magnética não diagnosticou gravidade.

Nas duas partidas, o lateral-esquerdo Gilson sentiu a ausência de Lúcio no setor.

- Ele ajuda muito ali pela esquerda, pelo entrosamento, pela experiência. A gente sente falta mas temos bons jogadores também. Um jogador da qualidade do Lúcio sempre faz falta. Começamos bem, fizemos o mais difícil que é sair vencendo fora de casa, mas não suportamos a pressão (na Colômbia). Não foi só pelo Lúcio que perdemos o jogo - afirmou.

Gilson destacou que o também canhoto Bruno Collaço tem apresentando-se bem na função, assim como Carlos Alberto, primeira opção de Renato nas duas partidas:

- Quando joga o Bruno Collaço e o Lúcio, que são laterais de origem, me ajudam bastante. Quando eu apoio eles fecham para mim o setor. Independentemente de quem joga, procuramos melhorar a cada partida. O Lúcio joga ali, já teve o Carlos Alberto, o Bruno Collaço, estamos procurando o entrosamento.

De si, Gilson admite que é preciso melhorar seu desempenho defensivo na lateral.

- Falta ainda trabalhar alguma coisa mais defensiva - concluiu.    

veja também