MENU

Giuliano e Sóbis são as opções se Tinga e Alecsandro forem vetados

Giuliano e Sóbis são as opções se Tinga e Alecsandro forem vetados

Atualizado: Segunda-feira, 16 Agosto de 2010 as 9:49

A expectativa no Internacional é pela recuperação de Alecsandro e Tinga, ambos com problemas musculares na coxa direita. Mas se eles não puderem enfrentar o Chivas, quarta-feira, no Beira-Rio, pela final da Libertadores, Celso Roth já apontou quem são os favoritos como seus substitutos. De acordo com o técnico, ainda é cedo para falar em desfalques, mas ele admitiu que Giuliano e Rafael Sóbis são suas principais opções.

Tinga voltou a sentir a coxa direita no jogo contra o Fluminense, no último domingo, no Maracanã. O volante teve de ser substituído por Oscar ainda no primeiro tempo. Na manhã desta segunda-feira, ele deve ser submetido a uma reavliação médica a um exame de imagem para saber a gravidade do problema. O próprio jogador deixou o Rio de Janeiro admitindo que sua situação é preocupante.

Já no caso de Alecsandro, que sentiu a coxa no jogo de ida contra o Chivas, no México, as perspectivas são mais positivas. Tudo por conta do maior número de dias para a sua recuperação. O atacante ficou em Porto Alegre fazendo tratamento intensivo enquanto o Internacional enfrentou o Fluminense.

- Sobre o Alecsandro ainda não sabemos o que pode acontecer até quarta. A expectativa é positiva no sentido do seu tratamento. Não sabemos o que irá acontecer a partir do momento que ele voltar a campo. E o Tinga ainda não temos uma notícia, mas a partir do momento em que ele saiu do jogo é um problema – disse Celso Roth, sendo perguntado se Rafael Sóbis e Giuliano são os principais substitutos se esses jogadores forem vetados.

O treinador ponderou que ainda quer aguardar os próximos dias. Mas admitiu que essas mudanças seriam as mais naturais.

- Não posso dizer isso ainda. São possibilidades reais. Vamos trabalhar porque nenhum dos dois está fora. Temos dois treinos ainda, mas estes são os jogadores que estão caminhando para esta situação (de serem os substitutos). O Giuliano foi bem no México e não o trouxemos para o jogo contra o Fluminense. E o Rafael melhorou muito contra o Fluminense. Ele estava muito longe daquele Rafael que conhecemos. Existe uma distância grande entre o futebol do mundo árabe e o de cá. Ele entrou bem lá no México, e não deixa de ter experiência e qualidade técnica – afirmou Celso Roth.

Os titulares que vão disputar a final da Libertadores e não viajaram para o Rio de Janeiro treinam na manhã desta segunda-feira, no Beira-Rio. Os jogadores que enfrentaram o Fluminense treinam apenas na parte da tarde.

veja também