MENU

Goiás bate o rival direto Avaí e fica a três pontos do primeiro fora do Z-4

Goiás bate o rival direto Avaí e fica a três pontos do primeiro fora do Z-4

Atualizado: Segunda-feira, 25 Outubro de 2010 as 7:39

O Goiás recebeu neste domingo o Avaí, no Serra Dourada, e conseguiu vitória muito importante em sua luta contra o rebaixamento. Bernardo, de pênalti, fez o gol do triunfo por 1 a 0. A partida foi válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, ambas as equipes seguem na zona de rebaixamento. O Goiás, entretanto, ultrapassou o Avaí e tem agora 31 pontos, um a mais que o rival. O esmeraldino passou a ficar três pontos abaixo da primeira equipe fora da zona da degola.

Confira aqui a tabela de classificação

O confronto foi o primeiro de três que os dois clubes vão travar num curto espaço de tempo. Os outros dois, válidos pela Copa Sul-Americana, acontecem nesta quarta-feira (27) e no dia 11 de novembro.

Avaí começa bem nos contra-ataques

A duas equipes optaram por esquemas com três zagueiros. O Goiás, desde o apito inicial, demonstrou mais volume de jogo, mas foi o Avaí, nos contragolpes, que apareceu com perigo. Em duas oportunidades, Roberto foi lançado nas costas da zaga e saiu na cara do goleiro Harlei. Em ambas situações, ele fez grandes defesas e salvou o esmeraldino.

O avaiano Rudnei é marcado de perto durante a partida no Serra Dourada (Foto: AE)   Aos poucos, o Goiás conseguiu transformar a posse de bola em chances. Explorando o lado direito de seu ataque, o time da casa criou oportunidades com Éverton Santos, substituto do suspenso Rafael Moura e que fez dupla com Felipe no ataque. Primeiro, o atacante serviu Bernardo, que perdeu gol incrível na pequena área. Depois, ele mesmo chutou forte e obrigou Zé Carlos a espalmar para fora com dificuldade.

Pênalti bobo dá vantagem ao Goiás

Quando o primeiro tempo já caminhava para o fim, o Goiás encontrou seu gol. Aos 42, após cruzamento da direita, Marcos se enroscou com Bernardo dentro da área e a arbitragem marcou pênalti. O próprio Bernardo bateu firme e pôs o Verdão do Cerrado em vantagem.

Depois do intervalo, o Avaí voltou com Válber no lugar de Robinho na função de ligação com o ataque. O time catarinense mostrou-se ligeiramente mais ousado, embora não tenha tido qualidade para ameaçar o gol do rival.

Bernardo comemora o gol do jogo (Foto: AE)   No Goiás, aos 8 minutos, Valmir Lucas entrou na vaga do zagueiro Marcão, que além de já ter um cartão amarelo, reclamava de dores nas costelas. Precisando do resultado, o Avaí chegou a ameaçar o Goiás, principalmente em jogadas aéreas. Válber e Diogo Orlando chegaram a perder chances em cabeçadas.

Goiás se fecha e segura o resultado

Preocupado, o técnico Jorginho resolveu fechar o meio do campo e trocou Bernardo por Carlos Alberto. Ao contrário do primeiro tempo, foi o Goiás quem passou a atuar explorando os contra-ataques, principalmente depois que Vagner Benazzi lançou o atacante Vandinho na vaga do ala Marcos.

O jogo ficou mais movimentado, com chances de gol para os dois lados. Wellington Monteiro acertou a trave avaiana com um chute de fora da área que desviou na zaga. Pouco depois, aos 28, Roberto teve a chance do empate, mas a bomba foi em cima de Harlei, que fez grande defesa.

Aos 34, Jorginho armou de vez o ferrolho esmeraldino: tirou o atacante Felipe para lançar o volante Jonílson. O expediente deu certo, e o Goiás segurou o resultado positivo. Pouco antes do apito final, Bruno Silva fez falta violenta em Jonílson e levou o vermelho direto. Era o fim da esperança de reação dos avaianos.    

veja também