MENU

Goiás faz o dever de casa e vence o Barueri por 1 a 0 na estreia da Série B

Goiás faz o dever de casa e vence o Barueri por 1 a 0 na estreia da Série B

Atualizado: Sábado, 21 Maio de 2011 as 7:15

Diante de um público de apenas 1.652 torcedores pagantes na noite desta sexta-feira, no Serra Dourada, o Goiás superou o mau momento e começou a Série B com vitória ao bater o Grêmio Barueri por 1 a 0, gol de cabeça do zagueiro Rafael Tolói no segundo tempo. No duelo dos dois últimos colocados da Série A do ano passado, a bola sofreu num jogo de pouca técnica, mas o time da casa conseguiu a meta de estrear com o pé direito e espantar, pelo menos por enquanto, as críticas depois do rebaixamento e do vice do Goiano contra o Atlético-GO. Além disso, o clube pode perder o técnico Arthur Neto, que tem proposta do futebol árabe. Na próxima rodada, o Goiás enfrenta o Náutico, sábado, em Recife, enquanto o Barueri recebe o Bragantino na sexta-feira.   O Barueri, que voltou para a cidade depois de uma temporada em Prudente, comandou as ações no primeiro tempo. Marcando bem, o time do interior paulista saía com velocidade principalmente através de William Henrique, que fazia um carnaval pelo lado esquerdo do ataque. Foi assim que o time paulista criou boa chance em conclusão de Pedro Henrique. Sem sucesso na troca de passes, o Goiás abusava das bolas levantadas na área e quase conseguiu abrir o placar com Hugo, mas João Paulo fez boa defesa.     A gente está aceitando um pouco o ataque deles pelo lado esquerdo. Falta conseguir manter a bola na frente - alertou o meia Marcelo Costa, do Goiás, na saída para o intervalo.

Como o Serra Dourada está recebendo reparos para o jogo da Seleção Brasileira contra a Holanda no dia 4 de junho, os vestiários estavam com cheiro de tinta. Por isso, o time do Barueri decidiu ficar no banco de reservas. O elenco do Goiás foi para o vestiário, apesar do incômodo, e o zagueiro Rafael Tolói falou duro com os companheiros.

Tolói pede raça ao time

- Temos que ter mais vontade. Cada jogo é uma decisão, nossa obrigação é voltar para a primeira divisão. Temos que jogar mais - alertou.

E, se não dá para ser na técnica, tem que ser na raça. O próprio Tolói, considerado o melhor jogador do Goiás, deixou a zaga aos 11 minutos para subir mais alto que a defesa adversária e cabecear com força para fazer 1 a 0 para os donos da casa.

Mais aliviado com a vantagem no placar, o Goiás teve o mérito de acertar a marcação pelo lado direito da defesa, onde William Henrique jogava com liberdade no primeiro tempo. Os dois times tiveram algumas boas chances em cruzamentos, mas a principal foi desperdiçada por Digão, do Goiás, que estava com o gol aberto e chutou torto.

Até o fim do jogo, o Goiás fez de tudo para administrar o resultado, enquanto o Barueri não mostrou forças para conseguir a reação. Final: 1 a 0.

veja também