MENU

Gol em final livra Arouca do estigma de artilheiro do Youtube

Gol em final livra Arouca do estigma de artilheiro do Youtube

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 9:21

  Em campo, Arouca não tem facilidade para barrar os adversários nas partidas do Santos. Fora das quatro linhas, o volante de 24 anos sofria outro tipo de marcação dos companheiros, pelo menos até o último domingo. Depois de ter marcado um dos gols da vitória do Peixe por 2 a 1 sobre o Corinthians, que valeu o título do Campeonato Paulista (assista ao vídeo), o atleta acabou com as piadinhas envolvendo o seu jejum. E encerrou também qualquer possibilidade de uma campanha ser formada na internet para zombar ainda mais do fato de não ter anotado um tento pelo Alvinegro.

- Os caras ficavam me zoando, tirando o sarro o tempo todo. Falavam que iam fazer uma campanha para mim no twitter, o #fazoteuArouca. Mas agora eu mostrei que sei. E quase fiz dois até – disse Arouca, aos risos, ao Globoesporte.com .

Arouca confere o vídeo do seu gol, o primeiro com a camisa do Santos (Foto: Julyana Travaglia / Globoesporte.com)

  O volante conseguiu evitar a chacota na internet, mas demorou a conter a zombaria na concentração. Antes de anotar contra o Corinthians, a última vez em que o atleta tinha balançado as redes de um rival havia sido ainda pelo Fluminense, em 30 de outubro de 2008.

- Um dia eles pegaram tanto no meu pé que eu pesquisei no Youtube todos os gols que já tinha marcado pelo Fluminense. Aí fui de quarto em quarto na concentração para mostrar para todo mundo, só porque sempre ficavam me sacaneando – relembrou.

O gol sobre o Corinthians foi apenas o 11º de Arouca como atleta profissional e o primeiro pelo Santos. O atleta contou que já havia programado homenagear a filha Valentina, de apenas seis meses, caso conseguisse marcar. Contra o Timão, ele ainda acertou a trave de Júlio César.

- Eu fiz aquela camisa com a imagem da minha filha e pensei em usar só no segundo tempo porque achei que era quando o gol ia sair. Se eu fizesse no primeiro e mostrasse a foto, ia acabar levando amarelo e o Corinthians ia tentar cavar a minha expulsão. Acabei fazendo no primeiro tempo mesmo, mas tudo bem. Se não tivesse acertado a trave e o segundo gol saísse, ia improvisar alguma coisa de comemoração.

  Na hora do gol, Arouca não quis saber muito dos companheiros. Foi tomado pela alegria ao perceber que seu sonho, que já havia mencionado na sexta-feira antes do jogo, era então realidade.

- Eu falei para eles que não ia abraçar ninguém, não ia querer saber de ninguém na minha comemoração.

Sonho agora é com a Seleção

Depois de conseguir marcar um gol pelo Santos, o desejo de Arouca agora é alcançar a Seleção Brasileira, comandada por Mano Menezes. O atleta, que passou por todas as equipes de base do time nacional, acredita que pode convencer o técnico a convoca-lo por causa do seu estilo de jogo.

- Dá para perceber que ele gosta de volantes que sabe marcar, mas consegue sair para o jogo. E sempre falaram que este era o meu ponto forte. Vou continuar batalhando por uma oportunidade.

Enquanto a chance com Mano não chega, Arouca se prepara para mais um desafio com o Santos. Sem muito tempo para comemorar o título do Paulistão, a equipe de Muricy Ramalho se apronta para decidir contra o Once Caldas uma vaga às semifinais da Taça Libertadores, às 22h desta quarta-feira, no Pacaembu. O primeiro confronto foi vencido pelo Peixe por 1 a 0. O time brasileiro pode empatar por qualquer placar que ainda assim segue no torneio – vitória colombiana por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

- Temos a vantagem pela vitória que conseguimos na Colômbia, mas ela não é muito grande. Por isso precisamos ter atenção neste jogo.          

veja também