MENU

Goleada acirra disputa por vaga no ataque cruzeirense

Goleada acirra disputa por vaga no ataque cruzeirense

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 10:12

A goleada do Cruzeiro por 7 a 0 sobre o Democrata-GV neste domingo deixou claro que o treinador Cuca tem opções para montar o ataque titular da Raposa. Dos cinco atacantes que entraram em campo na Arena do Jacaré, quatro balançaram a rede (Thiago Ribeiro, Farias, Ortigoza e André Dias). E a disputa por um lugar no time promete ser acirrada.

O atacante André Dias, que fechou a goleada com um belo chute de fora da área, se mostrou aliviado com o tento marcado, o seu segundo em três jogos na temporada.

- Tenho que aproveitar esta chance, porque a briga é acirrada na posição de atacante. Futebol não tem jogo fácil. Se não trabalhar, não faz resultado contra time nenhum – disse o atleta, que entrou no segundo tempo no lugar de Farias.

O paraguaio Ortigoza, que também saiu do banco de reservas, mostrou seu cartão de visitas ao marcar logo na estreia com a camisa celeste. Com um belo gol por cobertura. Mas o jogador manteve a humildade.

- O time é muito qualificado e tem grandes jogadores. Mas a gente está trabalhando para poder ajudar sempre que for preciso.

Titular, Wallyson foi o único atacante que não deixou fez gol em Sete Lagoas neste domingo. Ele teve uma grande chance no primeiro tempo, mas mandou a bola no travessão após cruzamento de Thiago Ribeiro. O camisa sete preferiu destacar a vitória.

- Não fiz gol, infelizmente. Mas era uma partida que a gente precisava vencer. E o mais importante é que foi uma bela partida e um belo placar que vai fazer diferença lá na frente – afirmou.

Para o jogo contra o Tolima-COL, na próxima quarta-feira, pela Libertadores, a tendência é que Thiago Ribeiro e Wallyson formem a dupla de frente. Neste domingo, com as ausências de Montillo e Roger, machucados, e diante de um adversário teoricamente mais fraco, Cuca optou pelo esquema com três atacantes, com o argentino Farias também em campo.      

veja também