MENU

Goleada anima Fluminense para "missão possível" contra LDU

Goleada anima Fluminense para "missão possível" contra LDU

Atualizado: Terça-feira, 1 Dezembro de 2009 as 12

Depois de quase cinco meses ocupando a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Fluminense deixou a área de risco da competição ao golear o Vitória por 4 a 0 na tarde de domingo. Mais do que esse benefício, para o técnico Cuca e para os jogadores a partida serviu para mostrar que ainda é possível a conquista do título da Copa Sul-Americana. O Tricolor faz o segundo jogo da decisão contra a Liga Deportiva Universitária (LDU), do Equador, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Maracanã.

Na partida de ida, o Fluminense foi goleado por 5 a 1 na altitude de Quito. Com esse resultado, o Tricolor precisa ganhar por quatro gols de diferença para forçar a disputa de pênaltis. Para ficar com a taça diretamente, o time carioca necessita de uma goleada de cinco ou mais gols de diferença. Dessa maneira, se repetir o placar aplicado contra o Vitória, o Fluminense vai levar o confronto diante dos equatorianos para as penalidades.

''O resultado contra o Vitória foi muito importante e mostra que não é impossível conquistarmos o título da Copa Libertadores. Sabemos que o time da LDU tem muita qualidade, mas do mesmo jeito que eles golearam em Quito, nós podemos conquistar o resultado que nos interessa nesta quarta-feira'', disse o zagueiro Gum. O lateral direito Mariano concorda com o companheiro.

''Esse resultado no Campeonato Brasileiro pode nos ajudar muito também na Copa Sul-Americana. Pode ser um caminho contrário, pois quando ninguém acreditava no Campeonato Brasileiro, dava a gente como rebaixado, os resultados na Copa Sul-Americana aumentaram a nossa confiança e a dos nossos torcedores. Sabemos que o Vitória é um time diferente da LDU, que por ser um time equatoriano tem mais pegada. Mas a nossa vontade será ainda maior'', disse Mariano.

Nesta terça-feira Cuca comandará um trabalho tático e deverá definir a escalação que vai enfrentar os equatorianos. Depois do treino começa o período de concentração. O volante Diogo, que vem se recuperando de uma pancada recebida no tornozelo direito, foi liberado pelo departamento médico e deverá atuar. Já o lateral esquerdo Dieguinho não está inscrito na competição continental e por isso não será relacionado.

''Vamos usar bem o trabalho que teremos antes do jogo contra a LDU para definirmos a equipe. Sabemos da necessidade de marcar muitos gols neste jogo e temos que preparar a equipe para isso, mas atacando sem irresponsabilidade'', afirmou Cuca, sem querer antecipar detalhes sobre a escalação.

veja também