MENU

Grava confirma presença de médico espanhol em exames de Neymar

Grava confirma presença de médico espanhol em exames de Neymar

Atualizado: Terça-feira, 20 Setembro de 2011 as 3:20

Neymar nega acerto, mas é acompanhado por

médico do Real (Foto: Wagner Eufrosino)

  O atacante Neymar nega que já tenha firmado um acordo com o Real Madrid para se transferir no segundo semestre de 2012 e diz que os exames que fez na sexta-feira à noite, no hospital São Luiz, em São Paulo, foram “pessoais” e não uma exigência do clube merengue. No entanto, o médico Carlos Diez, do Real, acompanhou a bateria de testes. O médico Joaquim Grava, do Corinthians, ajudou na realização dos exames, confirmou a presença do colega espanhol, mas disse que ele é médico ligado à Uefa.

- Não foi um exame específico para o Real, mas foi feito a pedido de uma seguradora que presta serviços para a Uefa. Todo seguro que você vai fazer precisa de exames. Nós fizemos exames de laboratório e ressonância - disse Grava.

A necessidade de se fazer um seguro é um forte indício de que Neymar está mesmo sendo negociado. Além disso, a Uefa exige que todo jogador inscrito em algum campeonato europeu seja submetido a exames por um médico credenciado pelo órgão.

Neymar chegou ao hospital às 22h30m, junto com seu pai, Neymar da Silva Santos, seu agente, Wagner Ribeiro, Carlos Diez e mais quatro seguranças. Foram duas horas e meia de exames. O craque do Peixe teve seu sangue analisado, fez teste ergométrico e uma tomografia. O grupo deixou o São Luiz por volta de 1h de sábado. Carlos Diez retornou à Espanha na última segunda-feira com os laudos.

Na entrevista coletiva que concedeu na última segunda-feira, no CT Rei Pelé, Neymar disse que não iria entrar em detalhes sobre o que foi fazer no hospital

- Foi coisa familiar, vocês não vão querer saber também da minha vida particular, né?

O craque garantiu que fica no Santos até o fim do primeiro semestre de 2012. Essa é a mesma promessa que ele fez logo após a conquista Taça Libertadores. No entanto, deixou no ar a chance de ir embora logo após a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

- Vou ficar até o centenário (do Santos, em abril), até os Jogos Olímpicos. Depois não tem como garantir.

Neymar da Silva Santos mantém o que disse no último domingo.

- Não temos que ficar dando explicações sobre tudo o que fazemos. O Neymar esteve no hospital para me dar uma força. Ele é um ser humano e tem sua vida pessoal.

Já a diretoria do Santos desconhece a ida de Neymar ao São Luiz. Nenhum médico santista acompanhou o jogador. Na sexta-feira à noite, a equipe ainda não estava concentrada para o clássico contra o Corinthians, disputado domingo passado. O retiro começou após o treino de sábado à tarde.          

veja também