MENU

Green Point pronto para receber seu primeiro jogo da Copa de 2010

Green Point pronto para receber seu primeiro jogo da Copa de 2010

Atualizado: Terça-feira, 8 Junho de 2010 as 2:03

O mais charmoso estádio da Copa do Mundo de 2010 está pronto para seu primeiro jogo no mundial. O Green Point, que virou cartão postal da Cidade do Cabo, receberá oito partidas (cinco pela primeira fase, mais joitavas de final, quartas e semifinal. Uruguai x França, sexta-feira, às 15h30m (horário de Brasília), será o primeiro.

A três dias do início do mundial, o GLOBOESPORTE.COM visitou o local. Uma palavra é o bastante para resumir a vista que se tem ao descer pela praça Victoria & Albert Waterfront e dar de cara com o imponente estádio: impressionante. O Green Point é uma joia praticamente à beira-mar. Sua entrada principal está virada para a Table Mountain, formação rochosa famosa na Cidade do Cabo, uma espécie de Pão de Açúcar local.

Do lado de fora, operários dão os últimos retoques na área de estacionamentos e de recepção a torcedores, autoridades e imprensa. Do lado de dentro, tudo certo. Só falta a bola rolar. Até esta terça-feira pela manhã (no horário local), carpetes verdes protegiam o gramado fora das quatro linhas. À tarde, tudo já estava descoberto. O gramado, um tapete, é considerado o melhor de todos os estádios da Copa da África do Sul. As traves estão instaladas. Cadeiras, limpas. Banheiros, idem.

CONFIRA MAIS FOTOS DO GREEN POINT

O Green Point comporta 68 mil pessoas sentadas. O estacionamento comporta 4.500 veículos. São 2.300 lugares para jornalistas. Só banheiros são 530. A cobertura é transparente, feita de vidro combinado com um material que isola o som. Dessa forma, todos os espectadores ficam protegidos da chuva sem se sentirem no escuro e quem está do lado de fora ouve apenas um burburinho que vem de dentro e não aquela gritaria natural de um estádio lotado.

O novo Green Point foi construído ao lado do antigo. As ruínas do estádio original, que tinha capacidade para 18 mil pessoas, permanecem no local. Uma reforma que visa transfirmar o local numa arena para competições de atletismo já começou. Para levantar a nova versão do estádio, foram gastos cerca de R$ 1 bilhão. Trata-se da mais cara arena da Copa 2010.

Postado por: Cristiano Bitencourt

veja também