MENU

Grêmio bate Esportivo e mantém invencibilidade em casa

Grêmio bate Esportivo e mantém invencibilidade em casa

Atualizado: Segunda-feira, 29 Março de 2010 as 12

Lar, doce lar. No aconchego do Olímpico, com a força de sua torcida, o Grêmio alcançou neste domingo a marca de 50 jogos de invencibilidade em casa. A vitória de 2 a 0 sobre o Esportivo foi mais um episódio de uma história escrita desde 13 de setembro de 2008, quando ocorreu a última derrota - 2 a 1 para o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe de Silas já comemora 13 vitórias seguidas na temporada.

O Grêmio não teve dificuldades para fazer mais uma vítima. Foi amplamente superior nos dois períodos. Willian Magrão, ainda no primeiro tempo, abriu o placar (veja no vídeo acima). Maylson marcou na etapa final.

Com o resultado, o Grêmio consolidou a liderança de seu grupo na Taça Fábio Koff, o segundo turno do Campeonato Gaúcho. Tem 18 pontos, seis à frente do Novo Hamburgo, segundo colocado, que recebe o Ypiranga nesta segunda-feira. Agora, o Tricolor volta a pensar na Copa do Brasil, já que recebe o Votoraty na quinta-feira. O próximo jogo pelo Estadual é no domingo, em Caxias do Sul, diante do Juventude.

Willian Magrão, o retorno

Foi um lance para simbolizar o retorno de um dos melhores jogadores do Grêmio em 2008. Willian Magrão, depois de passar quase um ano inteiro afastado do futebol, volta aos poucos ao time do Grêmio. Neste domingo, pegou a vaga de Adílson, suspenso, e marcou o único gol tricolor no primeiro tempo do duelo com o Esportivo. Foi aos 12 minutos. Jonas avançou pela direita e encontrou o volante livre na área. Magrão bateu forte, com precisão, e colocou o Grêmio na frente.

A etapa inicial do Tricolor foi um repeteco do que vem sendo a temporada gremista: superioridade sobre adversários claramente frágeis, mas futebol que não chega a empolgar. O time de Silas controlou o oponente, criou chances de gol e teve raros problemas defensivos. Na prática, parou no goleiro Caio, que foi revelado no Olímpico e ainda tem vínculo com o Tricolor.

Assista aos gols da partida:

Foram pelo menos três grandes defesas. Primeira: Jonas recebe de Willian Magrão dentro da área e bate cruzado, mas para em Caio. Segunda: Rodrigo manda pancada em cobrança de falta e vê a bola ser espalmada pelo goleiro. Terceira: Maylson recebe pela direita e bate cruzado, mas Caio corta.

O Grêmio atuou sem três titulares. Além de Adílson, ficaram fora o zagueiro Mário Fernandes, suspenso, e o meia Douglas, com problema na panturrilha – sem contar Hugo, Leandro e Borges, que já estavam fora antes, todos com problemas musculares. Mesmo com as ausências, o Tricolor manteve o desenho habitual do time. Foi sólido. O Esportivo chegou com força apenas uma vez. Aos 28 minutos, Robson fez boa jogada pela direita e mandou na área. Rodrigo Ítalo chegou atrasado.

Maylson marca mais um  

Um gol com a cara da gurizada gremista garantiu a vitória do Grêmio no Olímpico. Aos 12 minutos do segundo tempo, Mithyuê fez jogada bonita na esquerda e mandou para o outro lado. A bola sobrou para Maylson, que bateu forte: 2 a 0 (acompanhe no vídeo ao lado). Foi o sétimo gol do jovem meio-campista tricolor no Campeonato Gaúcho.

O Grêmio teve toda a tranquilidade para controlar o jogo. Silas se permitiu o luxo de promover a estreia do zagueiro Ozeia, que entrou no lugar de Rodrigo. Fábio Rochemback e Bergson também foram a campo. Sem ser ameaçado, o Tricolor ainda teve boas chances para ampliar.

Rafael Marques apareceu na cara do gol, mas desviou para fora. Maylson, aos 33 minutos, dividiu com o goleiro Caio e não conseguiu marcar mais um. Mas não fez falta. Já estava garantida a comemoração dos 50 jogos de invencibilidade para os gremistas em seu lar, doce lar.

veja também