MENU

Grêmio e Atlético-GO, em jejum, buscam lugar na Sul-Americana

Grêmio e Atlético-GO, em jejum, buscam lugar na Sul-Americana

Atualizado: Domingo, 27 Novembro de 2011 as 10:54

Sem grandes pretensões no Brasileirão, em zona intermediária na tabela, Grêmio e Atlético-GO se enfrentam às 17h deste domingo, no Olímpico, com objetivo de garantir vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. Um empate já classifica os gaúchos, que somam 47 pontos e estão na 11ª colocação, enquanto os goianos (com 44, em 13º lugar) praticamente assegurariam a vaga com vitória.

Para a equipe de Celso Roth, a motivação extra é apagar a má imagem que ficou na derrota em casa diante do Ceará. Quer encerrar a temporada no Olímpico com uma boa impressão diante do torcedor e acrescentar moral para o Gre-Nal da última rodada. O time vem de duas derrotas seguidas e não ganha há quatro rodadas.

O jejum do Dragão é maior: não vence há seis rodadas. Nessa reta final instável, tenta repetir algumas de suas atuações convincentes no campeonato, como as das vitórias sobre Flamengo, Santos e São Paulo. As chances de rebaixamento, embora existam, são remotíssimas.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida em Tempo Real, com vídeos exclusivos. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra o jogo ao vivo do Olímpico para todo o Brasil.

Grêmio: o time de Celso Roth está confirmado. Preocupado com a defesa, o técnico promoveu mudanças na dupla de volantes. Vilson e Willian Magrão estarão em campo, com Adilson na reserva. A equipe atuará com: Victor; Mário Fernandes, Saimon, Rafael Marques e Júlio César; Vilson, Willian Magrão, Marquinhos, Douglas e Escudero; André Lima.

Atlético-GO: o técnico Hélio dos Anjos, com todos os jogadores à disposição, decidiu manter a base da equipe que empatou as duas últimas partidas, contra Santos e Flamengo. As únicas mudanças ocorreram no ataque. A dupla Felipe e Anselmo, titular em 12 jogos neste Brasileirão, retorna nos lugares de Marcão e Juninho, que atuaram no último domingo. O time: Márcio; Rafael Cruz, Anderson, Gilson e Thiago Feltri; Pituca, Ernandes, Bida e Joilson; Felipe e Anselmo.

Grêmio: suspenso, Fernando ficará fora da partida, assim como Gilberto Silva e Fábio Rochemback, no departamento médico. Brandão acusou um problema na virilha e também desfalca a equipe.

Atlético-GO: não há jogadores machucados ou suspensos.

Grêmio: Adilson, André Lima, Brandão, Bruno Collaço, Escudero, Gilberto Silva, Julio Cesar, Rafael Marques, Saimon e Vilson.

Atlético-GO: Bida, Diogo Campos, Joilson, Rafael Cruz e Vítor Júnior.

Francisco Assis Almeida Filho (CE) apita a partida, auxiliado por Arnaldo Rodrigues de Souza (CE) e Carolina Romanholi Melo (CE). Francisco Assis participou de apenas dois jogos na Série A deste ano: Avaí 0 x 0, pela 18ª rodada, e Figueirense 1 x 2 São Paulo, pela 21ª. Ele aplicou 11 cartões amarelos (média de 5,5) e nenhum vermelho, marcou 67 faltas (média de 33,5) e nenhum pênalti no Campeonato Brasileiro, que registra média de 5,2 amarelos, 0,3 vermelho e 35,6 faltas. Destes amarelos, seis foram para mandantes e cinco para visitantes.

Grêmio: o argentino Escudero retorna ao time, após duas partidas afastado por conta de um problema no joelho. No treino coletivo de quinta-feira, foi o destaque. Marcou dois gols para os titulares e mostrou estar recuperado. Roth aposta que, com o retorno do meia-atacante, a mecânica da equipe evolua.

Atlético-GO: líder do troféu Armando Nogueira na lateral direita, Rafael Cruz completará neste domingo cem jogos com a camisa do Dragão. Com boas investidas e bons cruzamentos, ele será uma boa opção para atuar nas costas de Julio Cesar.

Celso Roth, técnico do Grêmio: “Temos que dar uma resposta ao torcedor, temos essa obrigação. Ficou muito feia a derrota para o Ceará. Estamos trabalhando bem. Espero que isso se transforme em um bom jogo”.

Hélio dos Anjos, técnico do Atlético-GO: “O Grêmio teve um acidente no último jogo, na minha visão, e vai querer vir muito forte, até mesmo para terminar bem a competição, já que no último jogo tem o clássico contra o Internacional. Eu estou esperando uma dificuldade muito grande, mas estou esperando até uma performance melhor da minha equipe, em função de ter um grupo mais solto em relação aos objetivos do clube".

* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto na Futpédia

* Em seus domínios, o Grêmio tem 59,2% de aproveitamento. Foram nove vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Marcou 31 gols e sofreu 21. Já o Atlético-GO venceu três partidas como visitante no Brasileirão: Coritiba (1 a 0), Flamengo (4 a 1) e América-MG (2 a 1) e tem aproveitamento de 31,4%.

* Ambas as equipes vêm de sequência sem vitória. O Grêmio completou duas derrotas seguidas e não vence há quatro jogos. O Atlético-GO não sabe o que é conquistar os três pontos desde a 30ª rodada, quando bateu o São Paulo. Está há seis rodadas sem resultado positivo.

No confronto do primeiro turno, no dia 21 de agosto deste ano, o Dragão levou a melhor e bateu o Tricolor gaúcho por 1 a 0. Ao aproveitar a expulsão do zagueiro Rafael Marques, aos 32 minutos do

segundo tempo, o Atlético-GO cresceu para cima do Grêmio no Serra Dourada e conseguiu marcar com Diogo Campos. O jogo teve público de 5.226 pagantes.          

veja também