MENU

Grêmio inverte tradição com Renato: forte fora, frágil em casa

Grêmio inverte tradição com Renato: forte fora, frágil em casa

Atualizado: Segunda-feira, 27 Setembro de 2010 as 4:06

Foi assim com treinadores como Mano Menezes e Paulo Autuori: o Grêmio, em casa, passava por cima de qualquer adversário; quando saía, só faltava cavar um buraco no chão e pular dentro, tamanha a timidez. O futebol tricolor parecia dependente dos gritos da torcida gremista. Mas não parece mais. Em 2010, especialmente depois da chegada de Renato Gaúcho, o time dá sinais de estar mais confortável como visitante do que em casa.

Somando os tempos de Silas com o período do Grêmio sob o comando de seu novo treinador, a pontuação ainda é maior no Olímpico do que no lar dos oponentes. Em seu estádio, o Tricolor disputou 12 jogos, com cinco vitórias, três empates e quatro derrotas. Fora, a equipe gremista perdeu tanto quanto no Olímpico, mas venceu menos: apenas três vezes, com outros seis empates. As três vitórias como visitante, coincidência ou não, são nas últimas três partidas longe do Olímpico.

Em todas, Renato era o técnico. A chegada do treinador provocou uma virada curiosa em uma tradição recente do Grêmio. Com ele, o Tricolor tem mais pontos fora de casa (11) do que no Olímpico (dez). Dos últimos cinco jogos disputados pelo time gaúcho diante de sua torcida, foram apenas duas vitórias, contra Guarani e Atlético-GO. Santos e Palmeiras venceram o Grêmio no Olímpico, e o Flamengo conseguiu arrancar um empate.

Não faltam provas para a força do Olímpico. Entre 2008 e 2009, o Grêmio conseguiu ficar mais de um ano invicto em seu lar. Na Libertadores de 2007, só foi derrotado em casa na finalíssima, para o Boca Juniors. É por essas e outras que os tricolores enxergam mais motivos para animação com a campanha como visitante do que decepção para o rendimento como mandante. A impressão é de que o time voltará a ter a força de antes no Olímpico. E aí, automaticamente, crescerá na tabela do Brasileirão.

- Estamos falhando quando jogamos em casa, mas temos um elenco experiente. Conquistamos bons resultados fora de casa nos últimos jogos e agora vamos vencer no Olímpico para pensar lá na frente – disse o volante Fábio Rochemback.

O teste será já nesta quarta-feira. Às 22h, o Grêmio recebe o São Paulo no Olímpico.

veja também