MENU

Grêmio não consegue se recuperar e apenas empata com o América-MG

Grêmio não consegue se recuperar e apenas empata com o América-MG

Atualizado: Quinta-feira, 28 Julho de 2011 as 8:12

                                  Com Julinho Camargo no comando, a ambição do Grêmio é vencer em casa e empatar fora. Nesta noite de quarta-feira, entretanto, o América-MG frustrou os planos do técnico tricolor. No Estádio Olímpico, as duas equipes apenas empataram em 1 a 1, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Willian Rocha abriu o placar para os mineiros, e Miralles - que seria expulso logo depois - empatou (assista aos gols no vídeo ao lado).

O empate deixa o Grêmio com 13 pontos, apenas dois à frente da zona de rebaixamento. O América-MG, com 8 pontos, segue no Z-4 - é o 18º colocado. As duas equipes voltam a campo no próximo fim de semana. No sábado, às 18h30m (de Brasília), o Tricolor gaúcho enfrenta o Flamengo, no Engenhão. No dia seguinte, também às 18h30m, o América-MG recebe o Coritiba na Arena do Jacaré.

Armadilha Experiente, com 31 anos trabalhando à beira do campo, Antônio Lopes sabe como criar armadilhas para fisgar um adversário tecnicamente superior. Foi o que aconteceu no primeiro tempo. No 3-6-1, o América-MG fechou-se à frente da própria área, obstinado em frear a velocidade do jogo. Com muitas faltas e catimba, manteve a bola parada durante 20 minutos na etapa inicial. E nos 26 restantes (somando o acréscimo) ainda conseguiu marcar um gol, com o zagueiro Willian Rocha de cabeça.

Ao Grêmio, coube o desespero. Vaiado e perdendo em casa desde cedo, atirou-se ao ataque sem qualquer organização. E passou a chutar, insistentemente, de fora da área. No total, com 58% de posse de bola, arriscou 15 conclusões - nenhuma, entretanto, obrigou o goleiro Neneca a sujar o uniforme.

Gol e expulsão

Embora não tenha modificado a equipe no intervalo, Julinho Camargo esperou pouco para recorrer ao banco de reservas. E tirou de campo o, até então, intocável Douglas. Entre aplausos e vaias, o camisa 10 tricolor deixou o campo sem sequer olhar para o treinador, dando lugar a Leandro. Julinho apostava no 4-3-3.     Douglas, do Grêmio, disputa jogada com jogador do América-MG (Foto: Neco Varella / Ag. Estado)

Disposto a pressionar, o Grêmio chegou ao empate da mesma forma que o América-MG havia largado à frente: na bola parada. Pela primeira vez titular, Miralles marcou após cobrança de falta do capitão Fábio Rochemback.

Mas o argentino, candidato a herói, foi expulso poucos minutos depois. Sem ele, a insistência tricolor arrefeceu. Mesmo com posse de bola superior a 60%, e quase 30 finalizações, não foi possível chegar à virada.

veja também