MENU

Gremistas aproveitam pausa na Libertadores para se aprimorar

Gremistas aproveitam pausa na Libertadores para se aprimorar

Atualizado: Terça-feira, 22 Março de 2011 as 9:09

Depois de empatar com o León de Huánuco no Peru, semana passada, o Grêmio ingressou em um período superior a 20 dias sem partidas pela Taça Libertadores.

O próximo confronto, contra o Junior Barranquilla em Porto Alegre, está marcado para 07 de abril.

Com isso, os titulares podem se recuperar do desgaste, caso Renato Gaúcho alterne formações nos quatro jogos sequenciais pelo Campeonato Gaúcho.

O Grêmio recebe o Inter-SM às 19h30m de quinta-feira, vai a Pelotas enfrentar o time da casa no domingo, recupera jogo atrasado contra o Juventude em Caxias do Sul no dia 30, e volta ao Olímpico para encarar o Veranópolis em 02 de abril.

É desta forma que pensa o volante Adilson, recém recuperado de torção no tornozelo esquerdo.

- Tem um fator positivo, porque até lá tem tempo do pessoal se recondicionar, curar uma dor aqui, outra ali. Estamos sentindo esse desgaste. Vimos que temos grupo para colocar time misto, ou reserva, e continuar vencendo - disse, referindo-se à vitória dos reservas, no domingo, sobre o Porto Alegre.

Para Lúcio, ter ficado de fora do confronto do último final de semana já colaborou para que os titulares comecem a corrigir eventuais erros demonstrados em Huánuco:

- A gente tem que procurar sempre melhorar, e a apresentação da gente no primeiro tempo não foi das melhores. Deixamos muito a desejar coletivamente. Nesse tempo que ficamos deu para treinar bastante, e precisamos corrigir. O importante é saber onde errou, e esse tempo vai servir para isso. Jogador que acha estar fazendo um excelente trabalho vai perder espaço para outro.

O lateral transformado em meio-campista também confia nos suplentes e jovens egressos da base quando os titulares tiverem de priorizar novamente a Libertadores.

- Para muitos jogadores que atuaram no jogo passado é uma grande chance. O Renato tem que colocar 11 em campo, mas não tem os titulares. Aquele que mostrar vai ter a condição de começar jogando. O Renato não descarta o Gauchão, que serve como base para ver o esquema tático, a condição dos jogadores - afirmou.      

veja também